sexta-feira, 29 de julho de 2011

Cuida do Mais Importante - O cavalo e os diamantes




Cuida do Mais Importante...
Certa vez um jovem recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a outro rei, de uma terra distante. Para essa tarefa recebeu o melhor cavalo do reino para carregá-lo na jornada.
- Cuida do mais importante, e cumprirás a missão! Disse o soberano, ao se despedir.

O jovem preparou seu alforje. Escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada na cintura, por baixo das vestes. Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte. E não pensava, sequer, em falhar. Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e valente rapaz, pronto para desposar a princesa. Aliás, esse era o seu sonho, e parecia que a princesa correspondia às suas esperanças.
Para cumprir rapidamente a tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria. Dessa forma, exigia o máximo do animal. Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe tirava a sela nem a carga, tampouco se preocupava em lhe dar de beber ou comer.
- Assim, meu jovem, acabas perdendo o animal, disse alguém.
- Não me importo, respondeu ele. Tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta ele me fará!

Com o passar dos dias, sob tamanho esforço, o pobre animal não suportou mais os maus tratos e caiu morto na estrada. O jovem, simplesmente, o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé. Mas como naquela região havia poucas fazendas e eram muito distantes uma das outras, muito rápido o moço se deu conta da falta que lhe fazia o animal.
Depois de algum tempo ficou exausto e sedento. Para aliviar o peso que carregava já tinha deixado pelo caminho toda a tralha, com exceção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei: "cuida do mais importante!” Seu passo se tornou curto e lento e as paradas, freqüentes e longas. Como sabia que poderia desfalecer a qualquer momento, e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto de sua bota. Mais tarde caiu exausto no pó da estrada onde ficou desacordado por longo tempo. No entanto, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, encontrou-o e cuidou dele.

Quando o jovem recobrou os sentidos, estava de volta à sua cidade. Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido, e sem remorso jogou toda a culpa do insucesso no cavalo "fraco e doente", que recebera.
- Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuida do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti. Não perdi uma sequer. O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e se despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos.
Abatido, o jovem deixou o palácio. Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia:
"Ao meu irmão, rei da terra do norte. O jovem que te envio é candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo. Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifica o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem é fiel e sabe reconhecer quem o auxilia na jornada. Se, porém, perder o animal e apenas guardar as pedras, não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem".

“Saber reconhecer aqueles que verdadeiramente nos auxiliam no dia-a-dia é, sem dúvida, um grande desafio para muitos de nós.”

Saber reconhecer... são 2 palavras que exigem de cada indivíduo um tipo de comportamento proporcional ao seu caráter ou desejos do coração. Na história temos um jovem cujo objetivo era cumprir a vontade de seu rei e desposar sua filha, com disposição, porém não soube dar o devido valor aos meios que dispunha para isso. Era uma pessoa que só tinha olhos para os valores secundários, pois julgou que o mais importante para o rei era os diamantes. Em nenhum momento se preocupou com o cavalo que lhe proporcionava o meio de cumprir sua missão. Achou que compraria outro cavalo facilmente, prova irrefutável de que era escravo do dinheiro, revelando imprudência e despreparo. Sua insensatez o levou à derrota. Não atingiu o objetivo do rei e nem o seu próprio. Por quê? Não soube escolher o que era mais importante e, pior, seus valores eram para as riquezas materiais, desprezando as naturais.

No capítulo 10 do Evangelho de Lucas, vemos uma situação mais ou menos semelhante. Marta recebeu Jesus em sua casa para o jantar. Ocupou-se nas tarefas de anfitriã, porém, desprezou o mais importante: Jesus. Era óbvio, naquela ocasião que alguém teria de realizar as tarefas, e coube a ela o “privilégio” de fazer o necessário para servir ao Senhor e seus convidados. Só que isso para ela não era o mais importante, pois só tinha olhos para sua irmã que quedava-se aos pés de Jesus. Quando lembrou-se de Jesus foi para chamar-Lhe a atenção sobre sua irmã. Além disso, foi indelicada, pois Jesus era seu convidado. A atitude de Marta deveria ser a de uma pessoa que deveria estar contente, fazendo o melhor para o Senhor.
“Uma só coisa é necessária e esta não lhe será tirada”. Que frase maravilhosa para ouvirmos do Senhor. Quantas vezes escolhemos mal e deixamos o mais importante de lado. Deixamo-nos levar pela ostentação, pelo orgulho, pela aparência, mas o Senhor não se preocupa com isso, pois Ele vê o coração. Colocar o coração naquilo que se faz, sem dúvida, é ótimo, porém, qual os desejos de nosso coração? Devemos ter sempre em mente que o mais importante é o Senhor, e sendo assim, tudo que fazemos, seja no trabalho, nos estudos, nas tarefas diárias, devemos fazer como se fosse para o Senhor, abdicando de muitas coisas que Lhe desagradam e nestes momentos necessitamos sensatez. Às vezes, os caminhos mais simples são os que levam à vitória. Podemos conquistar o sucesso, pela humildade, pois Cristo disse: “aquele que se humilha, será exaltado”. Aquele rei mostrou humildade, pois queria um jovem que desposasse sua filha não porque ele cuidou bem dos diamantes, mas porque ele deveria ter cuidado bem do cavalo. O cavalo era mais precioso que os diamantes. E você, qual o seu bem mais precioso?
 
»LUCAS [10]
41 Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas; entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Roberto Dias
Leia Também: Escolhas e Decisões

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Amigo Verdadeiro




Quando você se sentir abaixo da linha do Equador,
sob o peso de muita humilhação, frustração e medo,
quando tudo parecer perdido e sem fim,
quando todos virarem as costas e te deixarem só,

quando as cortinas se fecharem e a plateia for embora,
quando você se sentar diante do espelho no camarim vazio, quando você perceber que a vida tem um brilho falso,
quando não restar mais nada dos seus sonhos e das suas esperanças, ainda assim,
Eu estarei aqui.
Sou aquela porta que nunca se fecha, o abraço que nunca esfria, o sorrido que nunca murcha, o carinho que nunca cessa.
Eu te compreendo, e te entendo,
tenho tanto amor por você,
que às vezes choro.

Choro por te sentir perdido, distante,
andando por caminhos tortuosos, becos escuros, e me dói te ver chorando,
você é tão forte, tão amado,
e muitas vezes, se julga só,
abaixa a cabeça quando deveria ter orgulho de si mesmo,
chora quando deveria sorrir,
aceita a derrota, quando deveria lutar.
Eu te amo tanto, queria tanto te abraçar nessa hora, mas, você se fecha, se tranca em um quarto escuro,
cultiva pensamentos de derrota, e até pensa no fim da vida, vida que meu Pai te deu, vida que é seu maior tesouro.

Você é o meu maior tesouro!
Eu sou a sua chance da vida, vem sinta esse arrepio na pele, vem,
encoste a cabeça aqui no meu peito, desabafe, alivie-se, pare de chorar.
Sou teu escudo, teu porto seguro, tua luz, sou teu verdadeiro amigo,
sou Eu,
J E S U S

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Na corda bamba





[O Senhor] não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. Salmo 121.3


Quando nos aproximamos da feira da aldeia, garotas vendendo grinaldas de jasmim se alinhavam na entrada do largo espaço aberto. Vacas e cabras carregavam etiquetas com preços, enquanto o encantador de serpentes tocava sua flauta diante de um grande público.

Maravilhada, observei uma garota de mais ou menos seis anos caminhar sobre uma corda bamba. A corda estendia-se entre varas de bambu cerca de três metros acima do solo. Não havia nenhuma rede por baixo; um pequeno erro poderia levá-la a estatelar-se no chão. No entanto, seu rosto não mostrava qualquer receio e ela dava cada passo com confiança. Seu pai mantinha-se embaixo e caminhava cada passo com ela, como se estivesse pronto para apanhá-la, caso caísse.

A criança na corda lembrou-me nossas vidas e os passos que damos a cada dia. O medo da queda pode nos esgotar e nos fazer tropeçar. Mas quando confiamos Naquele que caminha conosco, podemos avançar com firmeza, mesmo que a estrada pareça difícil. Podemos depositar nossa confiança em Cristo porque Ele cuida de nós a cada passo que damos.

Oração: Senhor Jesus Cristo, graças por estares conosco em todos os passos que damos na vida. Ajuda-nos a caminhar com confiança, sabendo que sempre estás ao nosso lado. Em Teu nome, oramos. Amém.

Pensamento do Dia:
A nossa confiança vem de saber que Cristo caminha ao nosso lado.
Leena Vijaykumar (Karnataka, Índia)

Tear de bênçãos




"Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável" (Salmos 51:10).


Foi mostrado a J. Stuart Holden uma grande fábrica onde centenas de máquinas produziam excelentes tecidos. O gerente de produção disse ao Sr. Holden: "Esta máquina é tão delicada que se um único fio dentre os 30.000 que estão sendo tecidos neste momento partisse, todos os demais parariam imediatamente. Ele continuou andando pela fábrica e, ao aproximar-se de uma máquina, partiu um dos fios e, de repente, toda a máquina ficou quieta e só voltou a funcionar quando a linha foi religada.

A maravilha mecânica mostrada na fábrica naquele dia traz para nós um claro ensinamento espiritual. É por um ato de desobediência, um afastamento da vontade e temor de Deus, que as bênçãos de nosso relacionamento com Ele são interrompidas. Somente quando o fio for novamente religado a alegria do Senhor voltará a fluir em nossos corações.

Como tem funcionado o tear de Deus em nós? Todos os fios de Sua vontade têm tecido uma vida cristã que glorifica o Seu nome e embeleza os ambientes por onde passamos? Tem o nosso tear espiritual trabalhado em harmonia com outros teares, criando momentos de louvor e adoração na fábrica de salvação e vida eterna onde fomos instalados?

Precisamos compreender que a quebra de um único fio pode interromper o nosso testemunho e a bênção de Deus aos perdidos. O fio do amor precisa estar bem firme em nossa máquina, o fio da verdade e da humildade também. Os fios do bom-humor, da simpatia e da temperança são imprescindíveis.

Qualquer um deles, ao se partir, atrapalhará o movimento de nosso tear e precisará ser consertado aos pés de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Que possamos cuidar com muito carinho do tear do Senhor colocado em nossos corações. Que ajudemos também aos demais teares a se manterem em pleno funcionamento para que, na força do Espírito de Deus, a Graça de Cristo seja derramada na vida de todos.

Cuide de seus fios... seja um tear de grandes bênçãos.
Paulo Roberto Barbosa

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Sabedoria no Ouvir






Muitas vezes pequenos momentos de solidão soam como um convite a nos conhecermos melhor e adquirir uma reciclagem dos nossos sentimentos. É calar ao mundo e ouvir Deus falar dentro dos nossos corações. (Márcio C.)

Saber ouvir é uma arte, e como tal exige preparo, talento e inspiração. Como pastor, muito mais ouço do que falo, e nem sempre estou tão pronto a ouvir quanto eu mesmo gostaria e precisaria estar. Estamos em processo.

Mas para aquele que está errando, muito precioso é ter ouvidos que ouçam, porque uma correção ou repreensão pode fazer toda a diferença entre continuar errando e passar a acertar. Os caminhos dos que erram se cruzam com os dos que podem ajudar e corrigir, e isto é feito intencionalmente pelo Regente de todas as coisas. Para quem sabe aproveitar as coisas que Deus faz, é aí que tudo acontece.

Ser corrigido é como encontrar um presente e não conseguir abrir o pacote. Quem abre tem preciosidades, como jóias de ouro puro. Tenho um amigo que sempre que é advertido ou insinua-se que ele esteja errado. Ele diz: "Deus deve estar querendo me dizer alguma coisa, vou ficar atento e orar".

Assim deve ser a atitude e a postura dos que querem de fato servir a Deus e não ao seu próprio ventre. Não posso mentir: não gosto de ser corrigido, gosto muito mais quando estou certo e sou elogiado ou motivado. Claro, sou humano. Mas eu preciso mudar, sei disso, e estou me esforçando para isso. É este o jogo, fazer força para gostar do que não gostamos. Podemos chamar isso de transformação.

Mas nosso desafio, meu e seu, é entender e aceitar as correções como algo precioso, que tem muito valor.

Pai, eu quero saber ouvir e valorizar as correções, porque quero te servir correto.


Mário Fernandez

Saiba dizer não





"Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno." Mateus 5: 37


Pelo fato de termos a tendência de nos sentir culpados quando dizemos "não", torna-se difícil compreender que somos nós mesmos que nos trazemos problemas, simplesmente porque falhamos em dizer "não" com maior freqüência.

Uma das formas mais comuns de nos criar problemas acontece simplesmente porque nos comprometemos com muitas coisas ao mesmo tempo, falhando em não dizermos "não". Temos o hábito de responder desta maneira aos pedidos que nos fazem: "Claro que posso fazer isso"; ou: "Fique tranqüilo: eu tomo conta disso..." Nossa resposta é irreal e impulsiva, visto que no íntimo sabemos muito bem que não queremos fazer aquilo que nos é solicitado.

Saiba que dizer não - sem culpa - não é egoísmo, e sim uma proteção necessária. Se alguém lhe diz: "Posso ter o ar que você está respirando?" certamente você irá achar que aquela pessoa perdeu o juízo. Claro que você não teria problema em dizer não a essa pessoa. No entanto, se ela lhe perguntasse: "Posso lhe pedir que você faça algo para mim que venha lhe trazer uma forte pressão, desgastá-lo e levá-lo inclusive a ficar ressentido comigo?" - qual seria a sua reação?

Obviamente que as pessoas não fazem seus pedidos dessa maneira... Entretanto, analisando friamente, na realidade foi isso mesmo que lhe pediram. Contudo, se você for honesto consigo mesmo você irá admitir que concordou em fazer algo por aquela pessoa motivado por hábito, obrigação ou simplesmente culpa.


Quero encorajá-lo a compreender que seu valor como individuo não depende das coisas que você faz para as outras pessoas. Você já é muito amado por Deus, que o criou e se deleita em você. Dizer "não" de maneira alguma irá diminuir seu valor aos olhos das outras pessoas. Pelo contrário: você será ainda mais respeitado. 

Nélio DaSilva

Leia Também: Você diz não?

Campanha Um minuto pela Família



Quando não posso fazer nada para ajudar uma pessoa, a melhor maneira de ajudá-la é orando. A miseridórdia de Deus é infinita. A sua Graça e o seu Amor são para sempre. Que o Senhor esteja visitando cada lar, cada coração, e reestruturando as vidas, fazendo tudo novo. Que o passado seja apagado e uma nova história comece a ser escrita.

A mão de Deus
Vai escrever
Mais um de seus milagres
Se você crer
Que hoje é o tempo de vencer
Acredite o céu diz que sim




Sopra Espírito, levanta os caidos
Restaura as feridas, dores antigas, vem pra curar
Sopra Espírito, trazendo vida, junta os pedaços
já ouço ruidos do Teu agir


Quando o vento soprar tudo vai se mover
Tudo volta ao lugar quando o vento soprar


quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dia do Amigo



Pela amizade que você me devota,
por meus defeitos que você nem nota...

Por meus valores que você aumenta,
por minha fé que você alimenta...

Por esta paz que nós nos transmitimos,
por este pão de amor que repartimos...

Pelo silêncio que diz quase tudo,
por este olhar que me reprova mudo...

Pela pureza dos seus sentimentos,
pela presença em todos os momentos...

Por ser presente, mesmo quando ausente,
por ser feliz quando me vê contente...

Por este olhar que diz:
"Amigo, vá em frente!"

Por ficar triste, quando estou tristonho,
por rir comigo quando estou risonho...

Por repreender-me, quando estou errado,
por meu segredo, sempre bem guardado...

Por seu segredo, que só eu conheço,
e por achar que apenas eu mereço...

Por me apontar pra DEUS a todo o instante,
por esse amor fraterno tão constante...

Por tudo isso e muito mais eu digo:

Deus te abençoe
meu querido amigo

(autor desconhecido)

domingo, 17 de julho de 2011

O valor da Bíblia




Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou a criadagem a sua sala para receberem presentes.
Colocou-os a sua frente na seguinte ordem: cocheiro, jardineiro, cozinheira, arrumadeira e o pequeno mensageiro.

Em seguida dirigindo-se a eles, explicou o motivo de havê-los chamado até ali e, por fim, fez-lhes uma pergunta, esperando de cada um a sua própria resposta. Essa foi a pergunta feita:

- O que prefere você receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?

- Eu gostaria de receber a Bíblia. Respondeu pela ordem o cocheiro.
- Mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será mais útil!

Recebeu então a nota, de valor elevado na época, e agradeceu ao patrão. Esse pediu-lhe que permanecesse em seu lugar.
Era a vez do jardineiro fazer a sua escolha e, escolhendo bem as palavras, falou:

- Minha mulher está adoentada e por esta razão tenho necessidade do dinheiro; em outra circunstância escolheria, sem dúvida, a Bíblia.

Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos do patrão. Agora, pela ordem, falaria a cozinheira, que teve tempo de elaborar bem a sua resposta:

- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista; portanto, aceito o dinheiro para comprar um vestido novo.


- Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra; assim, prefiro o dinheiro. Informou a arrumadeira, em poucas palavras.

Finalmente, chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão adiantou-se em dizer-lhe:

- Certamente você também irá preferir dinheiro, para comprar uma nova sandália, não é isso, meu rapaz?

- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo, mas vou preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais desejável do que o ouro... Disse o pequeno mensageiro.

Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro. Virando outras páginas, foi se deparando com outros valores em notas. Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e envergonhados, deixaram o recinto.

A sós com o menino, disse-lhe comovido o patrão: "Que Deus o abençoe, meu filho, e também a sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus."

Pense agora: "O que pode ser mais valioso do que a palavra de Deus ?"
Tudo aquilo que nós precisamos, Deus tem e deseja que tenhamos. A nós, basta aceitar o que Ele nos oferece...

Desculpe, foi engano...




Era uma vez um rapaz que tinha muitos problemas. Constantemente, em suas preces, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no seu sofrimento.

Um dia, Jesus bateu a sua porta. Ele maravilhado, convidou-o a entrar, e Jesus sentou-se no sofá da sala.

Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91.

Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um quadro da Santa Ceia.


"Senhor Jesus", disse o jovem, "em primeiro lugar gostaria de dizer que é uma honra recebê-lo em minha casa, conforme o Senhor deve saber, estou passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda..."

"Filho", interrompeu Jesus, "antes de conversarmos sobre os seus pedidos, gostaria de conhecer sua casa.

Onde é o lugar que você dorme?"

No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa:

"Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!"


"Bem", disse Jesus, "e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?"

O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse.

"Senhor, desculpe, mas prefiro que não", respondeu o rapaz, "a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo."


Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa.

Pam, pam, pam...!

Era alguém que batia furiosamente na porta. O rapaz se levantou,assustado, e foi ver quem era. Abriu a porta meio desconfiado, e viu que era o diabo.

"Sai da frente que eu quero entrar!", gritou o tentador.

"De jeito nenhum", respondeu o rapaz, e assim começou a briga.

Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.

Cansado, o rapaz voltou para sala e continuou:

"Então, Jesus", disse ele, "como eu estava falando com o Senhor, estou precisando de tantas coisas..."

Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto. O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o diabo:

"Agora não tem jeito, eu vou entrar!", disse o inimigo.

Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.

"Senhor", disse ele, "desculpe a interrupção, conforme lhe dizia..."

Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo:

"Eu quero entrar!"

O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê-lo do lado de fora.

Ao voltar, contrariado, disse a Jesus:

"Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?"

"Sabe o que é meu filho", explicou Jesus, "é que na sua casa você só me deu a sala."

O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor.

Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta.

O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse: "Deixa que eu vou atender."

Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse:

"Desculpe, foi engano," e sumiu rapidinho.

Moral da estória: Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração. Entregamos a Jesus só uma parte dele, apenas a sala, ficando as dúvidas a morar no quarto, o acaso na cozinha, o medo na varanda. Então lutamos e não vencemos porque a casa está dividida.

A Bíblia diz que "Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele..."
 2 Crônicas 16:9

quinta-feira, 14 de julho de 2011

O braço de Deus




Aquele a quem o Senhor ama descansa nos seus braços ( Dt.33.12 )

Um garoto corria pela rua tentando fugir do pai. Este não se esforçava muito para alcançá-lo, pois sabia que a alegria do filho era correr na frente dele. Porém, sem que o filho soubesse, o pai corria com o braço estendido, bem perto dele. Quando o menino chegou próximo a uma avenida de trânsito intenso, o pai o agarrou, e atravessou a avenida segurando a criança que ainda tentava se libertar.

Todavia, em nenhum momento daquela brincadeira, a criança esteve distante do braço do pai. Em certos momentos de nossas vidas agimos diante de Deus de modo semelhante a esta criança. Afastamo-nos de Deus como se pudéssemos nos distanciar o suficiente para não sermos alcançados. Tentamos mostrar quão rápidos e independentes somos. Como a criança que não percebe o perigo da rua, muitas vezes avançamos para o perigo sem levar em conta que não temos condições de enfrentá-lo. O profeta Isaías consolando Israel em sua agonia durante o cativeiro, disse que Deus nunca esteve fora do alcance do povo. Deus, com seu braço forte, tem o controle de toda a situação, como o pastor que protege e ajunta as ovelhas, Ele faria a mesmo com o povo(Is 40.10 -11).

Deus usa a figura do braço paterno para entendermos melhor seu cuidado, sua proteção e segurança nos envolvendo, até mesmo quando tentamos nos colocar à sua frente. Como nada resiste ao braço do Senhor, por mais que tentamos nos afastar, nunca estaremos longe de seu amor e proteção. Portanto, não se esforce correndo de Deus, e nem se sinta longe e só. Descanse seguro nos braços do Senhor!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Você pode mudar a vida de uma pessoa

importância sorriso, amigos anjos Deus


Um dia, quando eu era calouro na escola, vi um garoto de minha sala caminhando para casa depois da aula. Seu nome era Kyle. Parecia que ele estava carregando todos os seus livros. Eu pensei: "Por que alguém iria levar para casa todos os seus livros numa sexta-feira? O meu final de semana estava planejado (festas e um jogo de futebol com meus amigos sábado à tarde), então dei de ombros e segui o meu caminho.

Conforme ia caminhando, vi um grupo de garotos correndo em direção a Kyle. Eles o atropelaram, arrancando todos os livros de seus braços, empurrando-o de forma que ele caiu no chão. Seus óculos voaram e eu os vi aterrisarem na grama há alguns metros de onde ele estava. Kyle ergueu o rosto e eu vi uma terrível tristeza em seus olhos.

Meu coração penalizou-se! Corri até o colega, enquanto ele engatinhava procurando por seus óculos. Pude ver uma lágrima em seus olhos. Enquanto eu lhe entregava os óculos, disse: "Aqueles caras são uns idiotas! Eles realmente deviam arrumar uma vida própria".

Kyle olhou-me nos olhos e disse, "Ei, obrigado"! Havia um grande sorriso em sua face.
Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu o ajudei a apanhar seus livros e perguntei onde ele morava. Por coincidência ele morava perto da minha casa, mas não havíamos nos visto antes, porque ele freqüentava uma escola particular.

Conversamos por todo o caminho de volta para casa e eu carreguei seus livros. Ele se revelou um garoto bem legal. Perguntei se ele queria jogar futebol no sábado comigo e meus amigos. Ele disse que sim. Ficamos juntos por todo o final de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mas gostava dele. Meus amigos pensavam da mesma forma.

Chegou a segunda-feira e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez! Eu o parei e disse: "Diabos, rapaz, você vai ficar realmente musculoso carregando essa pilha de livros assim todos os dias!". Ele simplesmente riu e me entregou metade dos livros. Nos quatro anos seguintes, Kyle e eu nos tornamos mais amigos, mais unidos.

Quando estávamos nos formando começamos a pensar em faculdade, Kyle decidiu ir para Georgetown e eu para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distância nunca seria problema. Ele seria médico e eu ia tentar uma bolsa escolar no time de futebol.

Kyle era o orador oficial de nossa turma. Ele teve que preparar um discurso de formatura e eu estava super contente por não ser eu quem deveria subir no palanque e discursar.

No dia da formatura, Kyle estava ótimo. Era um daqueles caras que realmente se encontram durante a escola. Estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência. Ele saía com mais garotas do que eu e todas as meninas o adoravam! Às vezes eu até ficava com inveja. Hoje era um daqueles dias.



Eu podia ver o quanto ele estava nervoso sobre o discurso. Então, dei-lhe um tapinha nas costas e disse: "Ei, garotão, você vai se sair bem!". Ele olhou para mim com aquele olhar de gratidão, sorriu e disse: -"Valeu”!!

Quando ele subiu no oratório, limpou a garganta e começou o discurso:

"A formatura é uma época para agradecermos àqueles que nos ajudaram durante estes anos duros. Seus pais, professores, irmãos, talvez até um treinador...mas principalmente aos seus amigos. Eu estou aqui para lhes dizer que ser um amigo, para alguém, é o melhor presente que você pode lhes dar. Vou contar-lhes uma história:..."

Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a história sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele havia planejado se matar naquele final de semana! Contou a todos como havia esvaziado seu armário na escola, para que sua mãe não tivesse que fazer isso depois que ele morresse e estava levando todas as suas coisas para casa. Ele olhou diretamente nos meus olhos e deu um pequeno sorriso. "...Felizmente, meu amigo me salvou de fazer algo inominável!"

Eu observava o nó na garganta de todos na platéia enquanto aquele rapaz popular e bonito contava a todos sobre aquele seu momento de fraqueza. Vi sua mãe e seu pai olhando para mim e sorrindo com a mesma gratidão. Até aquele momento eu jamais havia me dado conta da profundidade do sorriso que ele me deu naquele dia.

Nunca subestime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior. Deus nos coloca na vida dos outros para que tenhamos um impacto, uns sobre o outro de alguma forma.

Leia Também : Anjos de Deus - O furo no barco
                       Sempre diga às pessoas o quanto você as ama - O laço azul

terça-feira, 12 de julho de 2011

Sempre diga às pessoas o quanto você as ama - O laço azul


importância amor, cuidado Deus, diga te amo


Uma professora decidiu homenagear seus alunos do último ano colegial, dizendo a cada um deles a sua importância.

Ela chamou todos os alunos em frente à classe, um de cada vez.

Primeiro, disse a eles como eram importantes para ela e para a classe.

Então presenteou cada um deles com um laço azul com uma frase impressa em letras douradas: EU SOU IMPORTANTE

Depois, a professora resolveu desenvolver um trabalho com a classe para ver que tipo de impacto o reconhecimento teria sobre a comunidade.

Deu a cada aluno mais três laços e os instruiu para que saíssem e disseminassem a cerimônia de reconhecimento.

Em seguida eles deveriam acompanhar os resultados.

Observar quem homenagearia quem, e relatar à classe dentro de uma semana.

Um dos alunos foi até um executivo Júnior de uma empresa próxima e o condecorou por ajudá-lo no planejamento de sua carreira.

Então, deu-lhe dois outros laços e disse:

- Estamos fazendo um trabalho para a escola sobre reconhecimento. Gostaríamos que você procurasse alguém para homenagear, que o presenteasse com um laço azul, e que lhe desse outro laço para homenagear outra pessoa, disseminando esta cerimônia de reconhecimento.

Em seguida, por favor, procure-me novamente e conte-me o que aconteceu.

Mais tarde naquele dia, o executivo Júnior procurou seu chefe, que, era tido até então como um cara rabugento.

Pediu ao chefe que sentasse e disse-lhe que o admirava profundamente por ser um gênio criativo.

O chefe pareceu muito surpreso.

O rapaz, perguntou-lhe se aceitaria o laço azul como presente e se permitia que ele o colocasse.

Seu chefe surpreso disse que sim.

O executivo Júnior pegou o laço de fita azul e colocou-o no paletó do chefe bem em cima do coração.

Ao dar ao chefe o último laço disse:

-O senhor me faz um favor. Receberia este outro laço e o passaria adiante homenageando outra pessoa, o garoto que me deu o laço está fazendo um trabalho para a escola e quer que esta cerimônia de reconhecimento prossiga, para descobrir como ela influencia as pessoas.

Naquela noite, ao chegar em casa, o chefe procurou seu filho de quatorze anos e pediu que se sentasse e disse:

-Hoje me aconteceu uma coisa incrível. Estava em meu escritório e um dos executivos Juniores entrou, disse que me admirava e me deu este laço azul por me considerar um gênio criativo. Então, ele prendeu este laço que diz "Eu sou importante" no meu paletó, bem sobre meu coração...
Deu-me um outro laço e pediu-me que homenageasse uma outra pessoa. Esta noite, voltando para casa, comecei a pensar a quem homenagearia com este laço e pensei em você. Quero homenagear você. Meus dias são muitos tumultuados e, quando chego em casa, não lhe dou muita atenção.
Algumas vezes grito com você por não tirar boas notas na escola e por seu quarto estar uma bagunça, mas de qualquer forma, esta noite eu gostaria apenas de me sentar aqui e dizer-lhe que você é Muito Importante para mim.
Além de sua mãe, você é a pessoa mais importante em minha vida.
Você é um grande filho e eu amo você.


O sobressaltado garoto começou a soluçar, e não conseguia parar de chorar.

Todo o seu corpo tremia.

Ele olhou para o pai e disse através de lágrimas:

-Papai, eu planejava cometer o suicídio amanhã, porque achava que você não me amava.

Agora não preciso mais.

Sempre diga às pessoas que você ama o quanto elas são importantes para você.

Leia Também : Anjo de Deus - O furo no barco
                       Você pode mudar a vida de uma pessoa

domingo, 10 de julho de 2011

Não espere...




Não espere um sorriso para ser gentil;
Não espere ser amado para amar;
Não espere ficar sozinho para reconhecer quem hoje esta ao seu lado;
Não espere ficar de luto para reconhecer o valor de quem hoje é importante em sua vida;
Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar;
Não espere a queda para lembrar-se do conselho.
Não espere...

Não espere a enfermidade para perceber o quanto é frágil a vida;
Não espere pessoas perfeitas para então se apaixonar;
Não espere a mágoa para pedir perdão;
Não espere a separação para buscar reconciliação;
Não espere a dor para acreditar em oração;
Não espere elogios para acreditar em si mesmo;
Não espere;

Não espere que o outro tome a iniciativa se você foi o culpado;
Não espere o eu te amo para dizer eu também;

Não espere o dia da sua morte para começar a amar a vida;
E então, o que você está esperando?

NÃO SE DEIXE DOMINAR




“... mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas" (1Co 6.12b)

O apóstolo Paulo reconhece que "muitas coisas são lícitas" mas "não convém" para um cristão. Ele sabe que quando nos deixamos dominar por alguma força, externa ou interna, já não somos mais libertos, mas pessoas escravizadas. Paulo afirma enfaticamente: "...mas eu não me deixarei dominar". Ele não pretende que sua vida seja dirigida por nenhuma força, ou sentimento, pois seu viver está centrado em Cristo. Espelhando-se, então, no exemplo de Paulo, tomemos o firme propósito de lutar contra aquelas forças interiores que, por sua própria natureza, tendem a crescer cada vez para tornarem-se "autônomas", ou seja, fugirem de nosso controle. Quando isso acontece, perdemos, então, o centro, o equilíbrio, e eis-nos subjugados diante do poder cada vez maior desse "inimigo" interior. Com certeza há sentimentos e afetos que querem dominar nossas vidas, se assim permitirmos. Cabe então, aqui a pergunta: você domina seus sentimentos ou é dominado por eles?

Não se deixe dominar pela preguiça. Ela impede a realização daquilo que precisa ser feito. Ela sempre dá desculpas para não fazer. Ela não deixa que você progrida materialmente e na fé. Quem tem preguiça não lê, não ora, não estuda e acostuma-se com o estado em que vive.

Não se deixe dominar pela ira. Ela nos torna pessoas indóceis, e tira a beleza do homem e da mulher. A ira impede que o amor se manifeste, que o perdão seja dado. Ela provoca discussões, ela nos torna impacientes e estraga todas as coisas boas da vida que o Senhor nos dá.

Não se deixe dominar pelos maus pensamentos. A Bíblia nos ensina a ocuparmos a mente com pensamentos bons, agradáveis, que trazem alegria... (Fp 4.8). Os maus pensamentos trazem junto com eles os maus pressentimentos, como se algo ruim estivesse prestes a acontecer, e isso só traz ansiedade e preocupação. Não se deixe dominar por maus pensamentos. Faça como Jeremias e diga: "Quero trazer à memória o que me dá esperança".

Não se deixe dominar pelo passado. Não julgue o presente pelos acontecimentos passados. Não fique "desenterrando cadáveres" que são coisas que aconteceram há tanto tempo e você insiste sempre em mencioná-las quando devia esquecê-las.
Não fique lembrando o que lhe fizeram, o quanto você sofreu. Não seja como a mulher de Ló que se transformou numa estátua por insistir em olhar para trás. Faça como Paulo: deixe as coisas que para trás ficam e caminhe para frente (Fp 3.13).

Não se deixe dominar pelo medo. O medo paralisa, o medo traz dúvida e indecisão. O medo faz com que você viva acuado como um gato no canto da parede e ataca tudo o que vê pela frente. O medo vê coisas na imaginação e "inventa" o que não existe. O medo faz com que você veja o diabo em todo o lugar e Deus em nenhum lugar. João ensina como extinguir o medo: "o perfeito amor lança fora o medo, pois quem ama não teme" (1 Jo 4.18)

Não se deixe dominar pelas preocupações. Há pessoas que não conseguem esquecer os problemas. Pensa neles quando dorme e quando levanta. Durante todo o dia sua mente não consegue libertar-se dos seus motivos de preocupação: os filhos, o marido, o aluguel, a saúde... Essa é uma prisão terrível que nos faz crentes tristes. Não se deixe dominar pelas preocupações, pois Jesus falou que não adianta mesmo! Deus sabe de todas as coisas, sabe de tudo que necessitamos antes mesmo de pedirmos. Livrar-se das preocupações é uma prova de confiança nesse Deus amoroso.

Não se deixe dominar pela tristeza. Ela vai chegando devagarzinho, vai se alojando lá no canto do coração. Primeiro é uma decepção, depois vem uma incompatibilidade amorosa, depois a incompreensão dos familiares... É muito fácil acumular tristeza, afinal "um abismo chama outro abismo". O próprio Paulo diz que Deus se compadeceu dele "para que não tivesse tristeza sobre tristeza" (Fp 2.27).

Deixe-se ser dominado só pelo Espírito Santo de Deus.


Daniel Rocha (adaptado)

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Continue Andando

"O degrau de uma escada não serve simplesmente para que alguém permaneça em cima dele, destina-se a sustentar o pé de um homem pelo tempo suficiente para que ele coloque o outro um pouco mais alto." (Thomas Huxley)

Às vezes o caminhar é lento, mas o importante é não parar.

Mesmo um pequeno progresso é um avanço na direção certa.
E qualquer um é capaz de fazer um pequeno progresso.


Se você não pode conquistar algo importante hoje, conquiste algo menor.
Pequenos riachos se transformam em rios poderosos.

Continue em frente.
O que de manhã parecia fora do alcance, pode ficar mais próximo à tarde se você continuar em frente.

O tempo que usar trabalhando com paixão e intensidade aproximará você do seu objetivo.

É bem mais difícil começar de novo se você para completamente.
Então, continue em frente.
Não desperdice a chance que você mesmo criou.

Existe algo que pode ser feito agora mesmo, ainda hoje.
Pode não ser muito, mas fará com que você continue no jogo.

Caminhe rápido enquanto puder.
Caminhe lentamente quando for preciso.


Mas, seja o que for, continue andando.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

O amor de Deus




Alguma vez recebeste algo maravilhoso não que tinhas pedido?
É DEUS, que conhece bem os segredos do teu coração.

Alguma vez estivesse numa situação muito problemática, sem teres a menor idéia de como resolver, e de repente a solução aparece?


É DEUS, que toma nosso problema em suas mãos.

Alguma vez sentisse uma imensa tristeza na alma, e de repente é como se um bálsamo fosse derramado, e uma paz inexplicável invadisse o teu ser?

É DEUS, que te consola com um braço e te dá esperança.

Alguma vez te sentisse tão cansado da vida, a ponto de querer morrer... e de repente um dia, sentes que tens força suficiente para continuar?

É DEUS, que te carrega nos braços e te dá descanso.

Tudo é melhor quando...QUEM ESTÁ À FRENTE DE TUDO É DEUS!!!


terça-feira, 5 de julho de 2011

Ser feliz é correr riscos


Feliz é aquele que saboreia quando come, enxerga quando olha, dorme quando deita, compreende quando reflete, aceita-se e aceita a vida como ela é.

Há quem diga que felicidade depende, antes de tudo, de bastar-se a si próprio; de não depender de ajuda, de opinião e, sobretudo, de não se deixar influenciar por ninguém.

Será mesmo?
Você pode imaginar uma pessoa assim?

Lao Tzé dizia: "Grande amor, grande sofrimento; pequeno amor, pequeno sofrimento; não amor, não sofrimento".

Pode imaginar você um homem sem paixão, sem desejos?
A felicidade, entendida assim, não seria apenas um engodo, algo contra a natureza humana?

Evidentemente!
Sem amor, sem paixão, que sentido teria a existência?

A felicidade é proporcional ao risco que se corre.
Quem se protege contra o sofrimento, protege-se contra a felicidade.


Quem se torna invulnerável, torna sem sentido a existência.

O homem feliz aceita ser vulnerável.
O homem feliz aceita depender dos outros, mesmo pondo em risco sua própria felicidade.

É a condição do amor e de todas as relações humanas, sem o que a vida não teria sentido.



DEUS ME GUARDA



Levanto os olhos para o céu
É de lá que vem o meu socorro.
Meu socorro vem do Senhor,
Que fez o céu e a terra.

Deus não permitirá que eu caia,
Ele vigia e cuida de mim,
Ele não dorme e nem se descuida,
Mas me guarda constantemente.


O Senhor é meu amparo,
É a sombra que me protege;
O sol não me abrasará,
Nem a lua me molestará.

Que o Senhor me acompanhe por toda a vida,
Que Ele guarde todos os meus passos,
Me livre de todo o mal,
Agora e sempre.
Amém.

Deus tem Milagre para você



"Ele faz coisas grandiosas, que não se podem esquadrinhar;milagres que não se podem contar" Jo 5:9

Desde o Antigo Testamento, Deus se mostra um Deus do aparentemente impossível, O qual deixa (permite) que seus servos experimentem e testemunhem situações em que Ele opera milagres.

De acordo com o dicionário, a palavra milagre é sinônimo de "feito ou ocorrência extraordinária, não explicável pelas leis da natureza;acontecimento admirável,espantoso" Alguma relação com o nosso Deus?

Hoje pela manhã, ao ligar o rádio, ouvi um louvor que tinha o seguinte verso:"se você precisa de um milagre Deus tem!",então Deus me levou a meditar sobre essa maravilhosa verdade.

Os milagres operados por Deus têm um propósito:que os homens possam conhecer o poder do Senhor e o testificar disto é algo que precisamos ter em mente ao pedir algo que para nós (aos olhos humanos) é impossível.

No Novo Testamento há diversos milagres relatados,veja Mt 15:30-31; a multidão buscava sedenta por milagres pela cura do Senhor e Jesus, através da FÉ das pessoas as curavam, surdos ouviam,coxos andavam,cegos viam, entre muitos outros milagres. É interessante notar que:

1- As pessoas que o buscavam tinham um espírito humilde, não inquiriam o milagre a Jesus, simplesmente pediam com seus corações quebrantados, reconhecendo que somente Ele era digno de tal ação.

2- Buscavam somente a Ele. Jesus era reconhecido como aquele (o único) capaz de tornar o impossível, possível. Após pedirem a Ele, não buscavam outra forma para resolverem seus problemas.

* Nos dias atuais, as pessoas pedem algo ao Senhor e ao mesmo tempo procuram outras saídas para seus problemas, pensam: "Caso o Senhor não resolva já dei meu jeitinho". O que é isto? Somente Ele é capaz de resolver nossos problemas, não há jeitinho dado pelo homem capaz de superar aquilo que Deus pode fazer. Você tem feito isso, pede alguma coisa ao Senhor e ao mesmo tempo retira o pedido, tentando realizar por suas mãos? Ao fazer isto, você diz claramente que Deus não é capaz de ajudar-te!!!

3- É necessário ter Fé. "Fé é a certeza das coisas que esperam, e a prova das coisas que não se vêem" (Hb 11:1)

* Como pediremos algo ao Deus Maravilhoso se não acreditarmos?

Os milagres realizados por Jesus foram "feitos" mediante a fé do pedinte, nada mais simples do que acreditar! "Tudo é possivel ao que crê" (Mc 9:23)

Jesus tem um milagre para você!

"Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito a figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te e precipita-te no mar, assim será feito. E tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis." (Mt 21:21-22)


domingo, 3 de julho de 2011

O estandarte do amor




"Levou-me à sala do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor" (Cantares de Salomão 2:4).


Num certo tempo, o cavalo tinha a planície inteiramente para ele. Um veado intrometeu-se em seu domínio e compartilhou de seu pasto. O cavalo, com muita raiva e desejando vingar-se do intruso, perguntou ao homem se ele desejaria ajudá-lo a castigar o veado. O homem respondeu que sim, desde que ele o deixasse colocar um freio em sua boca e a seguir o carregasse. Em troca lhe daria armas eficazes contra o veado. O cavalo concordou e deixou que o montasse. Daquele momento em diante, ao invés de se vingar do veado, ele se deixou escravizar para o serviço do homem. Quando nós abrigamos sentimentos de raiva e vingança em nosso coração, damos um passo decisivo para nossa própria escravidão.

Não há sentimento mais nobre e que produza mais regozijo em nossas almas do que o amor. A vida de quem ama é sempre mais bela, mais colorida e muito mais agradável de ser vivida. O amor torna o seu rosto mais formoso e ilumina a estrada por onde seus passos irão trilhar.

O rancor, a inveja e qualquer desejo de vingança, ao contrário, desfiguram o semblante de quem os guarda e obscurece até os dias ensolarados. São sentimentos mesquinhos que escravizam as pessoas, aprisionando-as em sua própria intolerância, afastando-as de Deus.

Se queremos viver a liberdade de nossos ideais, se almejamos debruçar diante da janela de nossos sonhos e contemplar o jardim florido e perfumado de nossa felicidade, precisamos arrancar de nossos corações todas as sementes de ódio e vingança, deixando que Cristo nele habite para sempre.

Não se deixe escravizar pelos sentimentos menores. Abra o coração para Jesus, ame e... seja feliz!
Paulo Roberto Barbosa

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Esperando em Deus




Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Salmo 40:1

Esperar: Ter esperança em; contar com; aguardar.


Estamos vivendo no século da velocidade, da era pós-modernidade, queremos tudo para “ontem”, surgiram os: café expresso, lava rápido, fast-food, sedex, caixa eletrônico, internet, avião supersônico, trem bala, auto-estrada e tantos outros recursos, que a longa espera de outrora, transformou-se no atendimento instantâneo. Muitos de nós estão querendo de Deus respostas rápidas, dentro do cronograma por nós traçado e sem paciência para esperar Deus agir no seu tempo e dentro da sua vontade soberana.

A impaciência vai causando estragos irreparáveis, pois muitas vezes cansamo-nos de esperar em Deus e acabamos tomando decisões erradas, com conseqüências inesperadas e sem possibilidade de conserto. O salmista e rei Davi, deixou-nos um exemplo de procedimento que devemos ter: Esperar com paciência no Senhor, ou seja, não só esperar em Deus, mas saber esperar com paciência.

Paciência é qualidade daquele que espera com tranqüilidade. Com a alma em tranqüilidade, aumenta a nossa capacidade de tomar decisões acertadas, que estejam sob a firme e infalível vontade de Deus e Ele tem o tempo certo para atuar e o tempo de Deus é o melhor para nós, pois Ele não falha; quando vivemos em obediência a sua Palavra, podemos ter a plena convicção de que a resposta dEle chegará no momento exato. Vivamos, esperando em Deus.

Pr.João da Cruz Parente

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...