quarta-feira, 28 de março de 2012

A águia e a galinha




Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista:

- Esse pássaro não é uma galinha. É uma águia - Disse o naturalista.
- De fato - retrucou o camponês. É uma águia. Mas eu a criei como galinha. Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.

- Não - indagou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem coração de águia. Este coração um dia a fará voar às alturas. 

- Não, não - insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia. 

Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:
- Já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não a terra abra suas asas e voe!

A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos, e pulou para junto delas

O camponês comentou:
- Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!

- Não - tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia. E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã. No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia até o teto da casa. Sussurrou-lhe:

- Águia, já que você é uma águia, abra as asas e voe. Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando no chão, pulou e foi para junto delas.
 O camponês sorriu e voltou a dizer:
- Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
- Não - respondeu firmemente o naturalista. 
Ela é águia, possuirá sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda mais uma vez. Amanhã a farei voar.

No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto da montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas. O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:

- Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não a terra, abra suas asas e voe! A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte. Nesse momento, ela abriu suas potentes asas, grasnou e ergueu-se, soberana, sobre si mesma... e começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez mais alto!Voou...voou... até confundir-se com o azul do firmamento...

É interessante perceber como cada um de nós é uma águia criada como galinha. Cada pessoa tem dentro de si uma águia. Ela quer nascer, sente o chamado das alturas. Busca o sol. Foi feita para os grandes ideais e os grandes sentimentos, apesar de muitas vezes estar acostumada a ficar olhando para o chão e ficar presa a coisas pequenas como uma galinha ciscando no galinheiro. Por isso somos constantemente desafiados a libertar a águia que nos há.

Não dê ouvidos ao que o inimigo diz, ele quer que você se sinta como uma simples galinha, mas fomos chamados para ser águias e não para ficar olhando para baixo comendo as coisas que este mundo nos oferece, fomos criados para sermos águias, vamos dar ouvidos ao chamado de Deus, ajamos como águias e não como galinhas.

A confiança requer...


 A confiança requer que você coloque sua agenda nas mãos de Deus, crendo que o tempo Dele é perfeito para todas as coisas em sua vida. Sua natureza humana quer que as boas coisas aconteçam imediatamente, não mais tarde. Mas você aprende a crer e a esperar que as coisas aconteçam no tempo perfeito de Deus à medida que amadurece na vida cristã. Confiar em Deus frequentemente significa não saber como Ele irá realizar algo e quando Ele o fará.

Mas não saber “como e quando” fortalece sua fé e lhe ensina lições de confiança. Lembre-se: a confiança não é herdada, é aprendida. O tempo desempenha um papel importante para aprender a confiar em Deus, quando confiamos, descansamos; quando confiamos, somos felizes; quando confiamos, rimos das dificuldades e obstáculos; quando confiamos, esperamos serenamente certos que Ele nos abençoará de uma forma surpreendente e maravilhosa.

À medida que você experimentar a fidelidade de Deus, vez após vez, desistirá de confiar em si mesmo, conviverá bem com a espera e colocará sua vida, sem temores, nas mãos habilidosas do Senhor. Esse é um lugar maravilhoso para estar! Não há lugar melhor.

Enquanto o Senhor trabalha na tua vida e na tua causa, converse com Ele, ouça-O e medite na Sua Palavra, especialmente em versículos como esses:

“Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos” Romanos 8:25

“Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de Ti que trabalha para aquele que Nele espera” Is 64:4

“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera” Ef 3:20

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia Nele, e Ele o fará. E Ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera Nele” Sl 37:5-7

Joyce Meyer, em “EU TENHO PRESSA, DEUS NÃO”

domingo, 25 de março de 2012

Tempo para acertar




O ser humano é difícil de entender!

Fartam-se de ser crianças e tem pressa por
crescer, e depois suspiram por voltar a
ser crianças...

Primeiro, perdem a saúde para ter dinheiro
e logo em seguida, perdem o dinheiro para
ter saúde...

Pensam tão ansiosamente no futuro que
descuidam do presente e assim, nem vivem
o presente nem o futuro...

Vivem como se fossem morrer e
morrem como se não tivessem vivido!

Reflita sobre isso...

Pois você ainda tem tempo para acertar
sua vida, todos os dias quando você acorda,
recebe o mais belo de todos os presentes.

A DÁDIVA DA VIDA

Deus lhe deu e você a administra,
faça com que realmente valha a pena.

Autor Desconhecido

SÓ JESUS PODE




Você já se perguntou: “Como eu posso evitar as tempestades da vida?”
Bem, a resposta é:
- Você não pode evitar.
Todo mundo tem de passar por tormentas e tempestades, mas a boa notícia é que você não tem de enfrentar sozinho.  Porque Jesus está com você, Ele pode mandar as tempestades se acalmarem, e elas têm de obedecer à Palavra dele. Note que o Salmo 23 fala sobre andar “por um vale escuro como a morte” (Salmo 23,4).

Note que o versículo diz. Não diz que você tem de ficar no meio de uma tempestade. Você só passa por ela. Há luz no fim do túnel. Você vai conseguir porque você tem Jesus ao seu lado (veja 2Crônicas 13,10-12). Assim, da próxima vez que você passar por uma tempestade ou uma situação difícil e não houver saída aparente, lembre-se que Ele é quem acalma a tempestade. Você pode ficar acima de sua tempestade. Se os ventos e as ondas obedecem a Jesus, então, a sua tempestade também tem de obedecer à Palavra dele.
A vitória pertence a você!

Texto extraído de “A Bíblia Sagrada na Linguagem de Hoje, Edição para Jovens”, baseado no Livro de Lucas, capítulo 8, versículo 25.

segunda-feira, 19 de março de 2012

O maquinista




Dois discípulos estavam a caminho de Emaús, conversavam e tinham o semblante triste e esmorecido, Jesus se aproximou deles e os indagou sobre o desânimo que os abatia, Ele queria reanimá-los. Você sabe o que Ele fez? Ele contou a história a eles. Não qualquer história. Ele lhes contou a história de Deus e do plano de Deus para as pessoas. “E, começando por Moisés, discorrendo por todos os profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras”. (Lucas 24:27).

Fascinante. A cura de Jesus para o coração partido é a história de Deus. Ele começou com Moisés e terminou com Ele mesmo. Por que Ele fez isso? Por que Ele recontou o conto antigo? Por que Ele voltou dois mil anos para a história de Moisés? Acho que sei o motivo. Eu sei por que o que eles ouviram é o que todos nós precisamos ouvir quando estamos desapontados.

Nós precisamos ouvir que Deus ainda está no controle. Nós precisamos ouvir que não está acabado até Ele dizer isso. Nós precisamos ouvir que as tragédias e os contratempos da vida não são motivos para desanimarmos.

Corrie Ten Boom costumava dizer, “Quando o trem atravessa um túnel sem iluminação e o mundo fica escuro, você pula para fora? Claro que não. Você senta e confia que o maquinista o atravesse.”

Por que Jesus contou a história? Para sabermos que o maquinista ainda controla o trem.

A maneira de lidar com o desânimo? A cura para o desapontamento? Volte à história. Leia-a de novo e de novo. Lembre-se que você não é a primeira pessoa a chorar. E você não é a primeira pessoa a ser ajudada.

Leia a história e lembre-se, a história deles é a sua história! O desafio é muito grande? Leia a história. É você atravessando o Mar Vermelho com Moisés.

Muitas preocupações? Leia a história. É você recebendo comida do céu com os israelitas.

Suas feridas são muito profundas? Leia a história. É você, José, perdoando seus irmãos por traí-lo. Seus inimigos são muito poderosos? Leia a história. É você marchando com Josafá para uma batalha que já está ganha.

Seus desapontamentos são muito pesados? Leia a história dos discípulos a caminho de Emaús. O Salvador que eles pensavam que estivesse morto agora andava ao lado deles. Ele entrou em sua casa e sentou-se à sua mesa. E algo aconteceu em seus corações. “Porventura não nos ardia o coração, quando ele pelo caminho nos falava, quando nos expunha as Escrituras?” (vs. 32).

Da próxima vez que você estiver desapontado, não entre em pânico. Volte à Palavra e deixe Deus lembrá-lo que Ele ainda está no controle. Leia a história!

 Max Lucado, em “ELE AINDA REMOVE PEDRAS”
Fonte : Blog Salmo 37

Uma Questão de Equilíbrio



Chega uma hora em que temos que dizer: “sabe, Senhor, eu realmente não entendo isso. Mas sei que Tu entendes, Tu sabes de tudo e isso é o bastante”.

Você fica perplexo, desorientado e contrariado com o que não compreende? Renda-se à sua falta de entendimento e à onisciência divina. Fique sereno na certeza de que Deus não está perplexo, desorientado ou contrariado como você, mas que, ao contrário de você, Ele tem tudo sob controle, incluindo tudo que não faz sentido algum para você.

Precisamos saber nossos limites. Devemos aprender a modificar aquilo que podemos, aceitar com graça o que não podemos mudar e viver em paz equilibrando esses dois fatores. Compreender a diferença entre esses dois polos é imprescindível para exercitarmos nossa fé no Senhor. Tudo é possível para Deus. Então, quando você se deparar com o irreversível, o desconhecido, o inexplicável e o incompreensível, não se desespere, não aja por sua própria força. Confie tais situações ao Deus do impossível, Ele sabe o que fazer.
Myles Munroe, em “RE-DESCOBRINDO A FÉ”

Fonte: Blog Salmo 37

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...