segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

O Milagre do Natal



“Então um anjo do Senhor apareceu a Zacarias, à direita do altar do incenso. Quando Zacarias o viu, perturbou-se e foi dominado pelo medo. Mas o anjo lhe disse: Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, lhe dará um filho, e você lhe dará o nome de João.” (Lucas 1.11-13)

Antigamente se falava do natal como um tempo de milagres. Atualmente, cada vez menos. Essa mudança combina também com o afastamento de Jesus do natal e o domínio de Papai Noel. Com Papai Noel tudo fica mais humanizado e faz “mais sentido”. O milagre foi substituído por uma pequena ilusão oferecida às crianças. Um bom velhinho trará presentes na noite de natal! Com Jesus o desafio é maior e não dirige-se apenas às crianças. O natal de Jesus afirma a intervenção de Deus na história. Coloca em cena o desafio de crer que o Pastor virou Cordeiro e habitou entre nós.



O natal de Jesus promoveu muitos milagres. O primeiro deles antecedeu o anúncio a Maria e também foi um anúncio de uma gravidez. Um casal de idosos, um deles estéreo, ficariam grávidos. Eram Isabel e o velho sacerdote, Zacarias, que estava se aposentando. Eles teriam um menino que deveria ser chamado “João”. Ele era parte do natal. Veio para anteceder a manifestação do Cordeiro de Deus oferecido por nós. Pregou o arrependimento e anunciou a chegada do Messias. Tinha os genes de Zacarias e Isabel, mas viveu guiado pelo Espírito de Deus. Um milagre é algo explicado apenas por Deus. Zacarias e Isabel pareciam estar no fim, mas não para Deus.

Não é fácil crer no natal de Jesus num mundo que se tornou indiferente a Deus. Mas não crer é perder todo seu verdadeiro sentido e seria o mesmo que não celebra-lo. Deus escolheu dois idosos e realizou o primeiro milagre do natal. E o natal seria cheio deles. O natal é o anúncio de que Deus está agindo em nosso favor, fazendo o que jamais poderíamos fazer. Ele está realizando a nossa salvação. O Pastor se fez Cordeiro, os perdidos estão sendo buscados, as iniquidades estão sendo  perdoadas e a paz está tomando o lugar do conflito. Deus nos propõe amizade! O natal de Papai Noel não tem nada disso. Somente o de Jesus!

DEVOCIONAL IBPC

Fonte: Salmo 37

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Disponível como argila



"O Senhor Deus plasmou o homem com o pó da terra" (Gen 2,7).
Naquele entardecer da criação, senti passos no jardim. Era ele, o Senhor da Criação.
Aconteceu que, nesse entardecer, ele parou, inclinou-se com um olhar carregado de amor. E, de repente, juntou-me do chão, a mim, pobre e pequeno punhado de terra, e ficou a me olhar pensativo...
Remexeu-me longamente... longamente... com todo carinho! E então, começou a me amassar: primeiro retirou de mim uma porção de impurezas que o atrapalhavam: pedrinhas, pedacinhos de pau, ciscos. E eu fui ficando terra pura, do seu gosto.
Fez ainda outras operações, que eu não compreendia, nem poderia compreender: "Pode por acaso um vaso dizer do oleiro: eu entendo disso mais que você?" (Is 29,16).
Eu nada perguntei. Oferecia simplesmente o meu ser em disponibilidade de amor. Deixava-me trabalhar. Deixava que ele me fizesse. Porque eu sabia que era obra sua e que ele transformava com amor.
De fato, fui tomando forma. Uma forma à maneira sua, à sua imagem!
Pra que eu haveria de servir no futuro? Eu não o sabia. "Como argila nas mãos do um oleiro assim estava eu em suas mãos" Jr. 18,6. E fui me tornando obra de Deus. "E ele, aplicava seu coração em aperfeiçoar-me, pondo cuidado vigilante em tornar-se belo e perfeito" (Eclo 38,31).
Depois veio uma etapa difícil. Porque foi um forno superaquecido que ao barro veio dar força e consistência. é calor e o valor da minha vida que leva a bom termo a obra de suas mãos, O SENHOR E CRIADOR. A cada vaso muito querido, ele dá contornos de eternidade.
Então comecei a olhar em torno de mim. E descobri outros vasos que suas mãos hábeis e cheias de amor haviam amassado e modelado artisticamente. Sem cansar-se, dava ele mais outra mão àqueles que não haviam saído bem.
Cada um tinha a sua forma e sua cor, sem dúvida, isso conforme a sua destinação no mundo. Mas, do mais humilde ao mais rico, todos eram lindos, todos bem feitos.
Ele nos tinha feito como ele bem queria... "Pode, por ventura, um vaso perguntar ao oleiro: porque me fizeste assim? Não tem o oleiro poder sobre o barro para fazer da mesma argila um vaso de uso nobre e outro de uso vulgar?" (Rom. 9,20-21).
ó Oleiro Divino, Criador e Pai, permite que se cumpra em mim
a obra que começaste. Seja meu projeto o teu projeto sobre mim! “Vós sereis na
minha mão como a argila na mão do oleiro...” (Jer. 18,1-6).
AUTOR DESCONHECIDO

Desistir: não!

  • A tentação de desistir, algumas vezes, está sempre presente

     em nossas vidas, mas raramente desistir é a melhor opção

         Aqui vão algumas dicas para ajudar a perseverar quando

    tiver que enfrentar novos obstáculos:

Se desistir, você nunca saberá até onde poderia ter chegado.
  • Seus concorrentes adorariam que você desistisse – não lhes  dê esse prazer.
  • Não importa o que você faça ou onde esteja, sempre haverá  razões para desistir.
  • Quando a coisa realmente começa a ficar difícil, é geralmente  porque está quase no final.

  • Quando você desiste, na verdade desiste de si mesmo.
  • Na imensa maioria das vezes, o preço de desistir é muito mais alto do que o de continuar.
  • Se você desistir agora, o que vai fazer da próxima vez?


 Desistir de novo?

Tim Connor


(Fonte: Crescimento Pessoal & Motivação®)

Sou seu Deus, seu senhor




Quando precisar de mim, conte comigo, estarei sempre ao seu lado.
Você não consegue me ver, mas eu sou a luz que lhe permite tudo ver.
Você não pode me ouvir, mas eu falo através de sua voz. Você não me sente.
No entanto, sou o poder que trabalha em suas mãos. Trabalho assiduamente em você, embora minha ação não seja percebida. Persevero nisso, mesmo sem ser reconhecido em minhas obras.

Não sou uma visão estranha, como muitos pensam. Tampouco sou misterioso. No entanto, só no silêncio interior, que ultrapassa as aparências, você conseguirá entender-me como sentimento e como fé, e saber que estou sempre com você, escutando suas indagações e respondendo a elas. Em suas necessidades, mesmo que você não reconheça, sou uma eterna presença. Nos momentos mais difíceis de sua solidão, sou uma presença amiga. Nos seus medos e também nos momentos de dor, estou com você. Estou presente, quando você ora ou não. Independente de sua vontade estou em você e você em mim. Apenas a sua mente pode separá-lo de mim, pois nela estão as névoas que separam o seu eu do meu ser. 

No entanto, é só através dela que você pode sentir-me e conhecer-me. Esvazie seu coração de medos infundados. Quando o seu eu abre caminho, saindo do egoísmo, posso ser mais eu em você, pois sozinho, você nada consegue. Comigo, porém, você pode tudo, eu estou em tudo. 
Ainda que o bem lhe pareça oculto, ele existe, pois estou presente em todas as coisas. 

Estou presente em tudo, porque sou aquele que é. Só em mim, toma forma. Só em mim, o mundo continua. Sou a lei que determina o movimento das estrelas e que conduz o crescimento das células vivas. Sou o amor, cumprimento da lei. Sou segurança. Sou paz. Sou o princípio da unidade. Sou a lei que faz viver. Sou o amor, no qual você pode confiar. Sou sua segurança: sua paz. Sou um com você. Sou seu senhor.

Mesmo que, ao buscar-me, você falhe, jamais o deixarei buscar em vão. Mesmo que sua fé em mim seja insegura, minha fé em você, como ser humano, nunca vacila. Confio em você. Porque eu o conheço em profundidade, me comprazo com você e o amo, estarei sempre ao seu lado, até o fim. 

JAMES D FREEMOV.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Urgência emocional




Se tudo é para ontem, se a vida engata uma primeira  e sai em disparada, se não há mais tempo para paradas estratégicas,  caímos fatalmente no vício de querer que os amores sejam igualmente resolvidos num átimo de segundo.

Temos pressa para ouvir "EU TE AMO",  Não vemos a hora de que fiquem estabelecidas As regras de convívio: Somos namorados, ficantes, casados, amantes?

Urgência emocional. Uma cilada. Associamos diversas palavras ao AMOR: Paixão, Romance, Sexo, Adrenalina, Palpitação.

Esquecemos, no entanto, da palavra  que viabiliza esse sentimento:  "Paciência".

Amor sem paciência não vinga.  Amor não pode ser mastigado e engolido com emergência, com fome desesperada.

É preciso degustar cada pedacinho do Amor, no que ele tem de amargo e de saboroso, no que ele tem de duro e de macio, os nervos do Amor, as gorduras do Amor, as proteínas do amor, as propriedades todas que ele tem.

É uma refeição que pode durar uma vida.

Mas não. Temos urgência. Queremos a resposta do e-mail ainda hoje, queremos que o telefone toque sem parar, queremos que ele se apaixone assim que souber nosso nome, queremos que ela se renda logo após o primeiro beijo, e não toleraremos recusas, e não respeitaremos dúvidas, e não abriremos espaço na agenda para esperar.

Temos todo o tempo do mundo, dizem uns; Não há tempo a perder, dizem outros: A gente fica perdido no meio deste fogo cruzado, atingidos por informações várias, vivências diversas, parece que todos sabem mais do que nós, pobres de nós, que só queremos uma coisa nessa vida, " Sermos Amados ".

Podemos esperar por todo o resto: emprego, dinheiro, sucesso, mas não passaremos mais um dia sequer sozinhos ..."Te adoro", dizemos sei lá pra quem, Para quem tiver ouvidos e souber responder.

"Eu também", que a gente está mais a fim de acreditar Do que de selecionar. " Urgência Emocional " PRONTO-SOCORRO DO AMOR atiramos para todos os lados e somos baleados por qualquer um.

E o coração leva um monte de pontos por causa dessa tragédia:   " PRESSA "

Vãs preocupações



Estava com pressa. Não ousou parar e observar quem por ali passava.
Carregado de pensamentos e tarefas a cumprir, com os olhos fixos no relógio para não perder tempo... 

E perdeu oportunidades únicas de contemplar um olhar ou apreciar um sorriso....
Andou depressa demais. Caminhou sozinho... 

Preocupado demasiadamente consigo mesmo. 

Uma das maiores chagas do mundo moderno tem sido certamente a preocupação mais que exagerada, que tomou conta de milhares de pessoas. 

Preocupação não resolve problema, não acha solução, não salva vidas e não evita queda. Mas então por que motivo tanta gente se afunda em angústias, em prantos, em tristezas, exercícios para emagrecer em dores que parecem não ter fim? 

A resposta é porque elas não têm fé! Elas não acreditam de fato em Deus! E não acreditam, porque na realidade não têm certeza de que fizeram, antes, TUDO, aquilo que era possível, para evitar o problema. 

Eis porque o mundo se desespera tanto e sofre tanto, e geme dores tão sentidas: Porque a falta de fé tem sido a tônica em nossas vidas. 

Porque o medo passou a ser uma questão de ordem e o stress profundo a prova clara dos que não confiam plenamente em Deus.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Determinado a vencer




 
"E o Senhor lhe dava a vitória por onde quer que ia" (2 Samuel 8:6)



O bem sucedido homem de negócios, J. C. Penny, um cristão dedicado, falou 
certa vez: "Se eu pudesse enviar uma mensagem a todos os jovens deste país,
eu lhes diria que o sucesso na vida não é privilégio dos gênios. Qualquer 
jovem, de inteligência comum, que não tenha medo de trabalhar, deverá 
alcançar o sucesso, apesar dos obstáculos e impedimentos, desde que seja
 perseverante em qualquer situação. Suas possibilidades serão medidas pela 
determinação em alcançar o seu objetivo."


Podemos aproveitar as palavras de Penny para aplicar em nossa vida espiritual. 
Só alcançaremos nossos sonhos e ideais de vida quando confiarmos, 
perseverantemente, no Senhor que tem prometido nos dar a vitória apesar das 
circunstâncias parecerem adversas. A fé exige determinação.

Precisamos crer e jamais desanimar mesmo que tudo indique que o fracasso 
está logo adiante. A Palavra do Senhor nos assegura que "todas as coisas
 colaboram juntamente para o bem dos que amam a Deus."


Se buscamos a felicidade plena e cremos que só em Deus a encontraremos,
 nada pode impedir que caminhemos, passo a passo, nesta direção. As lutas
 virão, prováveis decepções também, mas com toda aplicação e regozijo 
venceremos todos os obstáculos, certos de que a vitória já é nossa no nome do
 Senhor Jesus.


Você tem um alvo? Persiga-o até alcançá-lo!


Paulo Roberto Barbosa

Nossa Caminhada

 

Às vezes nos sentimos meio perdidos, sozinhos e sentimos a necessidade de buscar novos caminhos para nossas vidas... Nessa caminhada, encontramos muitas pedras que lapidadas transformam-se em uma joia preciosa: a experiência!

Encontraremos pessoas mais novas... E com elas reaprenderemos a inocência perdida... Encontraremos pessoas mais idosas... E com elas aprenderemos a ser maduros...Aprenderemos que o fogo que queima também esquenta as noites de frio...

Em algum momento nossa caminhada será interrompida e aprenderemos que foi apenas uma pausa para o descanso da alma...Às vezes achamos que perdemos algumas pessoas, mais depois percebemos que elas é que nos perderam.

Sentiremos medo e solidão, mas encontraremos sempre a mão amiga daquele que foi crucificado por nós...E se achamos que a caminhada é longa demais, temos a garantia do abraço sempre aconchegante daqueles que também dariam a vida por nós: nossos pais.

Ao final desta grande caminhada que se chama VIDA, perceberemos que o que realmente importa são aquelas coisas que podemos carregar dentro de nossos corações. Portanto, guarde somente os bons sentimentos. Assim chegaremos com o coração leve e a mala cheia de boas lembranças...

Autor desconhecido

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Milho de pipoca



Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre. Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.

São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.

Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo!

Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também. Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer.

Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM!

E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado. Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.

A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Deus é o fogo que amacia nosso coração, tirando o que nele há de melhor! Acredite que para extrairmos o melhor de dentro de nós temos que, assim como a pipoca, passar pelas provas de Deus.

Ponto de ruptura



Vamos falar de superação...


Como anda a sua vida? Está satisfeito com ela ou anda a ponto de “desabar”, tal qual um prédio no limite da sua estrutura, com sérios riscos de vir abaixo?

Se a resposta for: “tô mal”, surge a pergunta: dá para consertar?
Dá pra RESTAURAR a minha ESTRUTURA? Tem jeito pra mim?

Em engenharia civil - minha formação profissional -, sabemos que o concreto armado, muito utilizado atualmente, deve sua estabilidade à combinação de dois materiais: a argamassa – o famoso concreto, de areia, pedras e cimento - e a ferragem de aço.

O concreto resiste à PRESSÃO exercida pelo peso da edificação, e o aço suporta a TRAÇÃO, geralmente provocada pelos movimentos do prédio, muitas vezes imperceptíveis, mas que acontecem constantemente.

Esta é uma questão técnica - cheia de detalhes - que não interessa ao morador de um prédio. O que vale para ele é estar bem instalado em sua casa, de modo seguro.

Mas é interessante notar que os seres humanos se comportam de forma um tanto semelhante a este METAL das edificações, ou seja, possuem UM PONTO DE RUPTURA diante das adversidades da vida.

O tal PONTO de RUPTURA pode acontecer diante de uma provocação, gerando uma REAÇÃO VIOLENTA – e aí reconhecemos o famoso “estopim curto”. A “ruptura do metal” pode também acontecer com a PROSTRAÇÃO e o DESÂNIMO, diante de um desafio mais intenso. E há casos extremos, onde a pessoa não suporta mais viver.

Tanto a 
raiva como o abatimento não são convenientes e prejudicam nossas realizações, relacionamentos e alegria de viver.

A Palavra de Deus nos dá uma “dica” sobre a razão pela qual tais pontos de ruptura se apresentam tão freqüentemente:

Se te mostras fraco no dia da angústia, quão pequena é a tua força!” (Pv 24:10).

Em outras palavras, nós temos nos deixado abater pelos desafios da vida por estarmos 
montando nossa estrutura interior com MATERIAIS FRÁGEIS, como por exemplo: armar uma laje com alumínio e não com aço carbono.

Mas, perguntará você, como melhorar minha estrutura se é isso que tenho à disposição?

A resposta não é difícil, nem está distante: basta substituir seus materiais - que são realmente limitados - por aqueles de Deus, que 
suportam a tudo e jamais se rompem:
Assim diz o Senhor: Maldito (ou fraco é) o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e cujo coração se aparta do Senhor!...
...Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor (Um material inquebrável).Ele será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro. Não receia quando vem o calor; suas folhas são sempre verdes. No ano de sequidão não se perturba, nem deixa de dar fruto (Não se rompe diante da adversidade).(Jeremias 17:5-8).

Peça ao Eterno, hoje mesmo, que mude sua estrutura, e viva uma vida de amor e alegria, com FORÇA para suportar problemas e dificuldades. Em Deus, é possível ter paz.

 Elcio Lourenço.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Pegue a sua pá





Não se espante com os problemas, nem se deixe levar pela maré; o que hoje parece ser o fim, pode ser recomeço;

pode indicar um novo caminho, mesmo entre pilhas de destroços; como os japoneses depois da bomba atômica, encolhidos entre o sentar e chorar pelos mortos, ou pegar uma pá e reconstruir.

Talvez a sua vida pareça destruída por uma bomba, talvez você também esteja se sentindo encolhido, pequenininho entre as dores dos escombros, e o que sobrou de você é muito pouco…

Mas eu lhe garanto que o dia se abre em POSSIBILIDADES e que depende da sua decisão entre sentar e chorar ou pegar uma pá e reconstruir, remover os cacos e com os pedaços que se espalharam: construir.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Deus não dá migalhas



Por que demoramos para receber resposta de certas orações? Porque Deus nos ama, porque tem grandes planos para cada um de nós e porque Ele quer fazer coisas grandiosas através de nós, assim como Ele fez através de Jesus.


Devemos ter a coragem de dar glória a Deus quando Ele silencia e quando Ele demora. É nessas horas que deveríamos nos agarrar com mais firmeza na convicção de que quando Ele assim age é porque Ele nos ama e está preparando coisas maravilhosas para nós. Não importa que não consigamos entender o Seu amor. Um dia vamos entendê-Lo.


Não questione o tempo de Deus, não se perturbe com Seu silêncio, Ele tem o melhor para sua vida. Se você souber esperar com ações de graça e fé, terá em mãos o melhor Dele para você. Deus não dá migalhas, Deus não nos presenteia com subprodutos, Ele dá o melhor para quem tem paciência e sabedoria de aguardar Suas bênçãos.


Devocional Pérolas Diárias


A estrela



Estava Deus, a caminhar, calmamente, pelo universo... Contemplava sua criação, e, aproveitando o passeio, verificava  se tudo estava correndo bem. Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma de suas estrelas, num choro compulsivo...Com certa tristeza, aproximou-se e perguntou docemente: Por que choras, minha filha?

A pobre estrela, aos prantos, mal conseguia falar :
- Sabe, meu Pai... Estou triste... não consigo achar uma razão para a minha existência... O sol, com toda a sua magnitude, fornece calor, luz e energia às pessoas... As estrelas cadentes, incentivam paixões e sonhos... Os cometas, geram dúvidas e mistérios... E eu, aqui... parada...

Deus ouviu tudo atentamente... com doçura e paciência, decidiu explicar à estrela os porquês, porém, foi interrompido por uma voz, que vinha de longe... Era uma criança, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região... A criança dizia à sua mãe:
Veja mamãe! O dia já vai nascer!

A mãe ficou meio confusa... como podia, uma criança, que mal  sabia as horas, saber que o sol já nasceria, mesmo estando tão escuro? Como você sabe disso, meu filho? Veja aquela estrela! Papai me disse que ela anuncia o novo dia. Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair...

Ouvindo aquilo, a estrela pôs-se a chorar... Deus, calmamente lhe falou :Podes ver? Sabes agora, o motivo de tua existência?
Tudo o que criei, fiz por alguma razão de ser.
És a estrela que anuncia o novo dia.. .

E com o novo dia, renovam-se as esperanças, os sonhos... E serves para orientar os homens, para onde caminhar. Ao te ver, sabem que não estão perdidos, pois sabem qual o seu destino.

A estrela ouviu tudo atentamente... Sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida... A partir de então, ela brilhou cada vez mais, pois sabia que era importante e indispensável ao ciclo da vida. Todos nós temos uma razão para estarmos aqui...

Mesmo se não soubermos qual é exatamente esta razão, devemos viver a vida intensamente, semeando amor e espalhando alegrias... Só assim, a estrela que habita em nossos corações brilhará mais forte, iluminando a todos que estão à nossa volta.

Fazendo isso, estaremos iluminando nossas próprias vidas.
Felicidades!!! Que sua estrela brilhe sempre...

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Escolha a sua resposta

Tenha em mente que a resposta que você dá a qualquer situação que lhe surge é uma escolha sua. Afinal, é você quem está tomando a atitude. Aqueles que continuamente respondem com ira, inveja, frustração ou outra atitude mesquinha irão colher os resultados de suas respostas amargas. Quando no entanto você decide responder com compreensão, paciência, isenção, confiança e coragem, os resultados são muito mais doces e suaves.
A circunstância não determina a resposta. É você quem a determina. Em cada momento, em cada circunstância, você pode escolher a resposta que irá impulsionar a sua vida para a frente. Dessa maneira ninguém poderá empurrá-lo para baixo, a não ser que você permita.
Você sempre tem a oportunidade de responder da melhor e da mais positiva maneira possível. Todas as vezes em que você se decide a responder de uma forma positiva, criativa – não importa qual seja a situação –, você estará fazendo um bem enorme a si mesmo e uma significativa diferença no mundo a seu redor.
Nélio DaSilva

Cicatrizes



 “Assim o digam os que o Senhor resgatou. ”  Salmos 107:2


Adquirimos cicatrizes de uma destas formas: por alguma coisa que nos foi feita por outra pessoa ou por alguma coisa que foi feita por nosso intermédio decorrente de nossos erros e fracassos. Seja como for, creio que não precisamos esconder as cicatrizes nem nos envergonhar delas. As cicatrizes são um convite para compartilharmos o poder de cura de Jesus Cristo com este mundo ferido. Porque a cicatriz, pela própria definição, envolve a palavra cura.


Talvez você nunca tenha pensado nas feridas de sua vida como possíveis tesouros. Eu gostaria de que você cavasse um pouco mais fundo, jogasse a terra para o lado e descobrisse as joias sob a superfície. Da mesma forma que diamantes cintilantes, rubis resplandecentes e esmeraldas reluzentes, nossas cicatrizes são bonitas para Deus.


Ele quer cuidar de você e das feridas que ainda estão abertas, para que cicatrizem e se tornem apenas uma memória, sem causar mais dores e sofrimentos. Coloque nas mãos do Pai as dúvidas, os rancores, as mágoas, as injustiças, as traições; dispa-se disso tudo e jogue o seu fardo sobre o altar do Altíssimo, sinceramente, verdadeiramente, só então, as feridas ainda inflamadas sararão e serão, em breve, apenas cicatrizes que comprovam o amor do Senhor por você.

Sharon Jaynes, em “CICATRIZES”

Fonte: Salmo 37

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Quando as pedras não se mexem



Um dia, Deus levou um homem diante de uma enorme pedra e ordenou-lhe que a empurrasse. Obedecendo à ordem de Deus, o homem começou a empurrar a pedra. Mas, por mais que se esforçasse, a pedra não se movia nenhum milímetro. Mas, como foi Deus quem mandou que empurrasse a pedra, o homem continuou tentando, pois, afinal de contas, Deus é coerente e não iria mandá-lo fazer algo que não trouxesse resultados. O tempo passou, o homem continuou tentando, mas, nada da pedra se mexer.

Cansado de não ver nada acontecer, o homem dirigiu-se a Deus e apresentou-lhe suas queixas: “como foi que o Senhor deixou que eu perdesse tanto tempo empurrando uma pedra que se recusa a mexer-se?”. E Deus lhe respondeu:

- Mas, eu não lhe mandei mover a pedra. Eu ordenei que você empurrasse a pedra, o que você fez muito bem.

- Como assim? – disse o homem perplexo – estive este tempo todo empurrando uma pedra que não iria se mexer mesmo? Pra que isso?

- O meu propósito não era com a pedra, e sim, com você.
- Não entendi.

- Filho, olhe para você. Veja como você se tornou forte e robusto desde que começou a empurrar a pedra. Repare nos músculos que cresceram em você.

Reparando em si mesmo, o homem viu que, de fato, ele havia se tornado mais forte e entendeu o que Deus havia feito. Depois disso, com um sopro, Deus fez com que a pedra se mexesse.

Às vezes oramos e lutamos para que situações mudem e elas não mudam. Oramos e fazemos de tudo para que certas pessoas mudem, e nada. Essas coisas nos deixam frustrados e muitas vezes nos impedem de ver o que Deus mais quer fazer que é nos transformar e nos tornar mais fortes. É somente quando entendemos o propósito de Deus e nos deixamos lapidar que Ele vem mover as pedras do nosso caminho. Enquanto isso não acontece, elas estarão lá, imóveis.

Pr Edmilson

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Todo ouvidos



Penso que não exista oração poderosa, existe um DEUS poderoso que escuta atenta e carinhosamente nossas orações que podem ser desajeitadas, longas, curtas, formais, informais…..não importa o formato, elas só precisam ser sinceras, saídas do nosso íntimo, escancarar nossos corações que, diga-se, Ele já conhece, Ele nem precisa das nossas informações. Ele só quer que nós nos larguemos em Seus braços. Ele ama isso.

Ele só quer que nós reconheçamos que somos dependentes Dele, que sem Ele não podemos nada e nada sabemos. Precisamos reconhecer isso porque essa conciência nos é saudável. É saudável também saber que não existe oração certa, palavras certas, condições específicas ou uma liturgia a seguir. Existe o DEUS único, totalmente poderoso para nos dar o melhor, no tempo adequado, da forma mais primorosa.

Só precisamos deixar nas mãos Dele tudo que precisamos, cientes que são as únicas mãos certas que darão forma e sentido ao que virá. Pronto, é só isso, ore sinceramente como quiser, Ele é todo ouvidos e amor!

A JESUS, SOMENTE A ELE TODA GLÓRIA.
Neuma Fernandes

Fonte: Salmo 37

quinta-feira, 31 de março de 2016

O concerto do Mestre



Desejando encorajar o progresso de seu jovem filho ao piano, uma mãe levou seu pequeno filho a um concerto de Paderewski. Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga na platéia e foi até ela para saudá-la. Tendo a oportunidade para explorar as maravilhas do teatro, o pequeno menino se levantou e eventualmente suas explorações o levaram a uma porta onde estava escrito “PROIBIDA A ENTRADA”.

Quando as luzes abaixaram e o concerto estava prestes a começar, a mãe retornou ao seu lugar e descobriu que seu filho não estava lá. De repente, as cortinas se abriram e as luzes caíram sobre um impressionante piano Steinway no cento do palco. Horrorizada, a mãe viu seu filho sentado ao teclado, inocentemente catando as notas de ” Cai, cai, balão “.

Naquele momento, o grande mestre de piano fez sua entrada, rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido do menino:
- “Não pare, continue tocando. Então, debruçando, Paderewski estendeu sua mão esquerda e começou a preencher a parte do baixo. Logo, colocou sua mão direita ao redor do menino e acrescentou um belo acompanhamento de melodia.

Juntos, o velho mestre e o jovem noviço transformaram uma situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa.  O público ficou perplexo…

É assim que as coisas são com Deus. O que podemos conseguir por conta própria mal vale mencionar. Fazemos o melhor possível, mas os resultados não são exatamente como uma música graciosamente fluida. Mas, com as mãos do Mestre, as obras de nossas vidas verdadeiramente podem ser lindas. Na próxima vez que você se determinar a realizar grandes feitos, ouça atentamente.

Você pode ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido: “Não pare, continue tocando”. Sinta seus braços amorosos ao seu redor. Saiba que suas fortes mãos estão tocando o concerto de sua vida. Lembre-se, Deus não chama aqueles que são equipados. Ele equipa aqueles que são chamados. E Ele sempre estará lá para amar e guiar você a grandes coisas.

quarta-feira, 16 de março de 2016



Ponham-se nas encruzilhadas e olhem; perguntem pelos caminhos
antigos, perguntem pelo bom caminho. Sigam-no e acharão descanso.”
JEREMIAS 6.16

O que mais importa não é o fato que eu conheço a Deus, mas, sim, algo muito maior que está implícito neste conhecimento — ele me conhece. Eu estou gravado nas palmas de suas mãos. Nunca sou esquecido por Ele. Todo o meu conhecimento Dele depende da iniciativa permanente da parte de Deus em me conhecer. Eu O conheço porque Ele me conheceu primeiro e continua a me conhecer.
Ele me conhece como meu melhor amigo, na verdade Ele me conhece muito melhor que este amigo. Não há um único momento em que Ele tira seus olhos de mim ou que se distrai e me esquece; portanto, não há um momento sequer em que Ele deixa de cuidar de mim. Este é um conhecimento extremamente significativo. Há um indizível conforto — o tipo de conforto que nos dá poder, isto é, não nos enfraquece — em conhecer este Deus que está constantemente consciente de mim, cuidando de mim, para o meu bem, e não apenas para o meu conforto.

Há um conforto e bem estar imensos na consciência de que O Deus que criou o universo e a vida, e os mantém, permanece dia e noite ao meu lado. Não como um mordomo pronto a me atender, mas como um pai-parceiro, disposto a me ajudar a ser melhor.

J. I. Packer, em “O CONHECIMENTO DE DEUS”

Fonte: Salmo37

 


A travessia do caminho



Impossível atravessar a vida...Sem que um trabalho saia mal feito, Sem que uma amizade cause decepção, Sem padecer com alguma doença.

Impossível atravessar a vida...Sem que um amor nos abandone, Sem perder um ente querido, Sem se enganar em um negócio. Esse é o custo  de viver.

O importante não é o que acontece, mas, como você reage. Você cresce... Quando não perde a esperança, nem diminui a vontade,  nem perde a fé.

Quando aceita a realidade  e tem orgulho de vivê-la. Você cresce... Quando aceita seu destino,  e  mesmo assim,  tem garra para mudá-lo. Quando aceita o que ficou para trás,  construindo o que tem pela frente  e planejando o que está por vir.  Cresce quando  se supera,  se valoriza e sabe dar frutos.

Cresce quando abre caminho,assimila experiências...
E semeia raízes… Cresce quando se impõe metas
sem se importar com comentários, nem julgamentos...

Cresce quando dá exemplos,  sem se importar com o desdém, quando você cumpre com seu trabalho.Cresce quando é forte de caráter, sustentado por sua formação,
sensível por temperamento...

E humano  por natureza!Cresce quando enfrenta o inverno mesmo que perca as folhas, Cresce quando colhe flores mesmo que tenham espinhos.

Cresce quando marca o caminho mesmo que se levante o pó. Cresce quando é capaz de lidar com resíduos de ilusões, Cresce quando é capaz de perfumar-se com flores...

E elevar-se por amor! Cresce ajudando  a seus semelhantes, conhecendo a si mesmo e dando à vida
mais do que recebe. E assim se cresce…

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Assuma mais riscos




Você deve cultivar a mentalidade de uma pessoa para quem assumir riscos é natural e que vai continuar tentando alcançar o que quer, aquilo que sonha, até conseguir.

Você deve ser alguém que não vai se conformar em ter um pássaro na mão, se esse não for o pássaro certo. Deixe que os outros aceitem o que não querem por achar cômodo, porque não têm coragem e desistem diante da primeira dificuldade.

As pessoas, na sua maioria, preferem permanecer em sua zona de conforto, onde acham que estão em segurança, mesmo que isso signifique nunca realizar seus sonhos.

Zona de conforto é aquela que as pessoas conhecem bem e na qual se sentem perfeitamente à vontade.

É um lugar seguro, previsível e facilmente administrado. E são muitos os que voltam a refugiar-se nela assim que põem o pé para fora, porque não suportam o desconforto. Assim, desistem de ir atrás das possibilidades e de aproveitar as oportunidades que o lado de fora oferece.

Querer sentir-se confortável, numa área perfeitamente conhecida, é o grande inimigo do ímpeto, algo que seduz a pessoa com uma falsa sensação de bem-estar, mas que a mantém abrigada do estresse, da pressão, do medo de tentar e falhar. Mas, para os que tomam coragem para sair de sua zona de conforto, as recompensas são enormes.

Um bom exemplo é o ator Brian Blessed que, em 1990, aos 58 anos, escalou o Everest sozinho e tornou-se o homem mais velho a alcançar a altura de 8 mil e 400 metros. Realizou um sonho que tinha desde os 14 anos e não parou mais.

Depois disso, chegou ao topo do Everest por outras duas vezes, escalou o Kilimanjaro, o Aconcágua, no Chile, e o Roraima, na Venezuela. O que ele costuma dizer quando alguém o taxa de louco: “Todos nós temos nosso Everest para escalar.

Só é preciso tentar. Se eu não tivesse pelo menos tentado, nunca conseguiria. Penso que o maior perigo na vida é não arriscar”.

Busca



Tenho encontrado muitas pessoas, porém não encontro gente.... Há um vazio dentro de cada um, um processo de fechamento em sentimentos. Encontro sorrisos, porém daqueles que expõem apenas os dentes.

Encontro verdadeiras tocaias, e não corações. Reservas insistentes da solidão.

Tenho encontrado pessoas medrosas, indecisas, escondendo-se de si mesmas. Pessoas que dizem: Não sei..., Não sei se quero..., Não sei se posso...

Quando sabem exatamente o que querem e o que buscam, e não se arriscam ao menor impulso. Pessoas duras, escuras, impossibilitadas de amar. Estas, cansei de encontrar...

Busco por gente que empreste o ombro, que não tenha medo de dizer que levou um tombo. Busco por gente que assuma que amar traz sofrer, e, com esta certeza, não venham a se esconder.

Busco por gente que tenha a experiência de sobrevivente de guerra. Busco por gente, que de tanto caminhar, não tenha receio de dizer que seus pés ainda têm muito por machucar. Quero gente de coragem para comigo conversar.

Gente que saiba que máscaras não dão mais para usar, e sendo seu perfil interno, branco ou preto, tenha a dignidade de revelar.

Busco por gente que chore livremente, sem preconceitos pelas lágrimas derramadas. Quero gente que saiba exatamente para onde está indo e o que deseja encontrar, mesmo que esta busca jamais venha alcançar.

Busco por gente,"Seres Humanos", que saibam se doar, estes, eu anseio por encontrar.

Gente de decisão, sem argumento para esconder, escusas ações. Quero gente que é gente, que mostra a cara, vai à luta e dorme contente.

É desta gente que eu preciso! Gente liberta, que me dêem um canto em seu colo e saibam me acariciar, sem tempo, sem hora e em qualquer lugar !!!

(Cora Maria)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Escolha a sua resposta



Tenha em mente que a resposta que você dá a qualquer situação que lhe surge é uma escolha sua. Afinal, é você quem está tomando a atitude. Aqueles que continuamente respondem com ira, inveja, frustração ou outra atitude mesquinha irão colher os resultados de suas respostas amargas. Quando no entanto você decide responder com compreensão, paciência, isenção, confiança e coragem, os resultados são muito mais doces e suaves.
A circunstância não determina a resposta. É você quem a determina. Em cada momento, em cada circunstância, você pode escolher a resposta que irá impulsionar a sua vida para a frente. Dessa maneira ninguém poderá empurrá-lo para baixo, a não ser que você permita.
Você sempre tem a oportunidade de responder da melhor e da mais positiva maneira possível. Todas as vezes em que você se decide a responder de uma forma positiva, criativa – não importa qual seja a situação –, você estará fazendo um bem enorme a si mesmo e uma significativa diferença no mundo a seu redor.
Nélio DaSilva

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A escolha é sua



Você tem a liberdade de decidir que atitudes tomar.
Não existe ninguém, nenhuma lei, muro, prisão nem circunstância que possa impedi-lo de exercer controle sobre sua própria mente.

As circunstâncias não podem controlá-lo. Você tem o controle sobre si mesmo. O mundo ao seu redor pode ser bom ou ruim, mas a decisão está em suas mãos. Você pode ter nascido em um palácio e acabar por não fazer nada da sua vida. Ou você pode ter crescido em um gueto e tornar-se uma pessoa de grandes realizações.

Você pode ser paciente em meio a frustrações. Você pode manter o foco no meio da confusão. Você pode ser disciplinado em meio à libertinagem. Você pode ser positivo em face ao desespero e amoroso em face à amargura.

A pessoa que você é por dentro não depende das coisas que acontecem do lado de fora. Uma vida de sucesso é conseqüência da nossa firmeza de propósitos e nossa habilidade em usar os caprichos das circunstâncias em vez de sermos consumidos por eles.

Autor desconhecido

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Hora certa



"As coisas acontecem na hora certa em nossas vidas.
As coisas acontecem exatamente quando devem acontecer!
Se DEUS trouxe esta mensagem a você, Ele lhe trará algo através disto!
Momentos felizes, louve a DEUS.
Momentos difíceis, busque a DEUS.
Momentos silenciosos, adore a DEUS.
Momentos dolorosos, confie em DEUS.
Cada momento, agradeça a DEUS.
E ele trará a existência o que você precisa.
CREIA. E receba pela FÉ a tua vitória nesta hora!

Em um relacionamento sério com o problema


Durante os 27 anos em que venho atendendo pessoas de diferentes idades, classes sociais, homens, mulheres, vejo um mesmo componente : a insistência em se envolver com o problema nos mínimos detalhes e com forte crença de que quanto mais eu contar tudo e explicar tudo e falar tudo, e descobrir tudo , eu encontrarei a solução . 

E estudando a estrutura do cérebro, eu sei que é exatamente o contrário que trará a solução- quanto menos eu falar, quanto menos eu focar nisso, quanto menos eu buscar por explicações, mais eu estimulo outras áreas do cérebro e desfocando do problema ele se dissolve.

A pessoa esta sofrendo porque ela está comprando esse sofrimento e intensificando ele, ao invés de desprender-se. Mesmo que esse problema já tenha criado muitas experiências ruins, é hora de CORTAR a relação com ele. Desfaça a parceria com o seu problema!

O mais interessante é que, quando resolvemos um problema, acabamos solitários e resolvemos que então, é a hora de procurarmos pelo próximo problema!

Tem muita gente em relacionamento sério com o seu problema. Tem gente casada e em relação estável por décadas com um problema e que torna ele o centro da sua vida. Quando eu proponho uma separação , muitos resistem : quem serei eu sem ele? Estão tão apegados que transformaram em sua própria identidade.

Vamos aprender a " casar " com as oportunidades novas que a vida nos propõe?
Não se envolva...dissolva!  

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...