quinta-feira, 31 de março de 2016

O concerto do Mestre



Desejando encorajar o progresso de seu jovem filho ao piano, uma mãe levou seu pequeno filho a um concerto de Paderewski. Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga na platéia e foi até ela para saudá-la. Tendo a oportunidade para explorar as maravilhas do teatro, o pequeno menino se levantou e eventualmente suas explorações o levaram a uma porta onde estava escrito “PROIBIDA A ENTRADA”.

Quando as luzes abaixaram e o concerto estava prestes a começar, a mãe retornou ao seu lugar e descobriu que seu filho não estava lá. De repente, as cortinas se abriram e as luzes caíram sobre um impressionante piano Steinway no cento do palco. Horrorizada, a mãe viu seu filho sentado ao teclado, inocentemente catando as notas de ” Cai, cai, balão “.

Naquele momento, o grande mestre de piano fez sua entrada, rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido do menino:
- “Não pare, continue tocando. Então, debruçando, Paderewski estendeu sua mão esquerda e começou a preencher a parte do baixo. Logo, colocou sua mão direita ao redor do menino e acrescentou um belo acompanhamento de melodia.

Juntos, o velho mestre e o jovem noviço transformaram uma situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa.  O público ficou perplexo…

É assim que as coisas são com Deus. O que podemos conseguir por conta própria mal vale mencionar. Fazemos o melhor possível, mas os resultados não são exatamente como uma música graciosamente fluida. Mas, com as mãos do Mestre, as obras de nossas vidas verdadeiramente podem ser lindas. Na próxima vez que você se determinar a realizar grandes feitos, ouça atentamente.

Você pode ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido: “Não pare, continue tocando”. Sinta seus braços amorosos ao seu redor. Saiba que suas fortes mãos estão tocando o concerto de sua vida. Lembre-se, Deus não chama aqueles que são equipados. Ele equipa aqueles que são chamados. E Ele sempre estará lá para amar e guiar você a grandes coisas.

quarta-feira, 16 de março de 2016



Ponham-se nas encruzilhadas e olhem; perguntem pelos caminhos
antigos, perguntem pelo bom caminho. Sigam-no e acharão descanso.”
JEREMIAS 6.16

O que mais importa não é o fato que eu conheço a Deus, mas, sim, algo muito maior que está implícito neste conhecimento — ele me conhece. Eu estou gravado nas palmas de suas mãos. Nunca sou esquecido por Ele. Todo o meu conhecimento Dele depende da iniciativa permanente da parte de Deus em me conhecer. Eu O conheço porque Ele me conheceu primeiro e continua a me conhecer.
Ele me conhece como meu melhor amigo, na verdade Ele me conhece muito melhor que este amigo. Não há um único momento em que Ele tira seus olhos de mim ou que se distrai e me esquece; portanto, não há um momento sequer em que Ele deixa de cuidar de mim. Este é um conhecimento extremamente significativo. Há um indizível conforto — o tipo de conforto que nos dá poder, isto é, não nos enfraquece — em conhecer este Deus que está constantemente consciente de mim, cuidando de mim, para o meu bem, e não apenas para o meu conforto.

Há um conforto e bem estar imensos na consciência de que O Deus que criou o universo e a vida, e os mantém, permanece dia e noite ao meu lado. Não como um mordomo pronto a me atender, mas como um pai-parceiro, disposto a me ajudar a ser melhor.

J. I. Packer, em “O CONHECIMENTO DE DEUS”

Fonte: Salmo37

 


A travessia do caminho



Impossível atravessar a vida...Sem que um trabalho saia mal feito, Sem que uma amizade cause decepção, Sem padecer com alguma doença.

Impossível atravessar a vida...Sem que um amor nos abandone, Sem perder um ente querido, Sem se enganar em um negócio. Esse é o custo  de viver.

O importante não é o que acontece, mas, como você reage. Você cresce... Quando não perde a esperança, nem diminui a vontade,  nem perde a fé.

Quando aceita a realidade  e tem orgulho de vivê-la. Você cresce... Quando aceita seu destino,  e  mesmo assim,  tem garra para mudá-lo. Quando aceita o que ficou para trás,  construindo o que tem pela frente  e planejando o que está por vir.  Cresce quando  se supera,  se valoriza e sabe dar frutos.

Cresce quando abre caminho,assimila experiências...
E semeia raízes… Cresce quando se impõe metas
sem se importar com comentários, nem julgamentos...

Cresce quando dá exemplos,  sem se importar com o desdém, quando você cumpre com seu trabalho.Cresce quando é forte de caráter, sustentado por sua formação,
sensível por temperamento...

E humano  por natureza!Cresce quando enfrenta o inverno mesmo que perca as folhas, Cresce quando colhe flores mesmo que tenham espinhos.

Cresce quando marca o caminho mesmo que se levante o pó. Cresce quando é capaz de lidar com resíduos de ilusões, Cresce quando é capaz de perfumar-se com flores...

E elevar-se por amor! Cresce ajudando  a seus semelhantes, conhecendo a si mesmo e dando à vida
mais do que recebe. E assim se cresce…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...