sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Selo Ano Novo

Feliz Ano Novo!
A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus.

São meus sinceros votos a todos os seguidores e visitantes do blog!


Selo Ano Novo



quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Ano Novo, Tudo Novo




"E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve; porque estas palavras são fiéis e verdadeiras" (Apocalipse 21:5).

Eu sou o ano novo. Eu sou uma página não usada em seu livro do tempo. Eu sou sua próxima chance na arte de viver. Eu sou sua oportunidade para praticar o que você aprendeu sobre vida durante os últimos doze meses. Tudo que você buscou e
não achou está escondido em mim, esperando que continue a procurar mas com mais determinação. Tudo de bom que você tentou conseguir, sem sucesso, está em mim, pronto para lhe ser dado assim que você tenha menos desejos contraditórios.
Tudo que você sonhou mas não ousou fazer, toda a fé que você reivindicou mas não tinha --estão levemente adormecidos esperando que você os acorde com o toque de um propósito forte. Eu sou a oportunidade para você renovar sua submissão
e obediência a Ele que disse: "Eis que faço novas todas as coisas."

O ano de 2011 nos trouxe alguma decepção? Levantemos nossas cabeças e sigamos em frente! Foi um ano em que experimentamos alguns fracassos? Que importa... vamos
começar de novo! Não alcançamos nossos sonhos e nem obtivemos sucesso em nossos projetos? Agora será diferente!

Precisamos reconhecer que nos esforçamos, que nos dedicamos com grande afinco, que não nos detivemos diante das dificuldades, mas que, na realidade, confiamos muito em nós mesmos, sem buscar a força ou a orientação do Senhor que nos
asseverou que seríamos mais do que vencedores!

Sim, em 2012 será bem diferente, porque prosseguiremos com a mesma determinação, mas saberemos confiar e esperar no Senhor que nos ama e que nos levará céleres às conquistas que almejamos! Jesus está conosco... vamos chegar lá!

Paulo Roberto Barbosa. (adaptado)

sábado, 24 de dezembro de 2011

O SEU PRESENTE DE NATAL



Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito para que todo o que nele crê, não pereça, mas tenha vida eterna. (Jo. 3:16)

Vamos supor que Deus chegasse a você e lhe pedisse: o que deseja ganhar neste Natal? Ou qual seria para você o presente mais perfeito que eu poderia lhe dar? Certamente mil e uma ideias passariam pela sua mente, e quem sabe você ficaria em dúvida sobre o que pedir, mas acredito que a maioria pediria: paz, amor, saúde, vida... antes de pedir qualquer coisa material, ou de valor.
Contudo Deus foi o primeiro a dar um presente neste natal, o pacote foi enorme, e quanto mais começamos a tirar presentes de dentro dele, percebemos que ainda há muitos outros para serem tirados. É verdade, não estou brincando ou imaginando coisas, Deus deu o maior, o mais especial, o mais perfeito presente que alguém poderia dar.., foi seu filho Jesus, o presente que Deus deu por amar o mundo de uma maneira muito grandiosa. Pena que muitas vezes as pessoas somente lembram desse presente no natal, e quando lembram, imaginam um bebê deitado em uma manjedoura, necessitando os cuidados de José e Maria. Poucos são que conseguem perceber e ver a grandiosidade desse presente tão perfeito. Junto com Jesus veio a paz, que todo o mundo almeja mas não encontra; veio o amor, forte e indestrutível, que une, que traz vitórias e alegrias. Com ele veio a saúde, física e espiritual e a verdadeira vida. Junto com ele veio a salvação, que como nos diz o texto: para que todo o que nele crê, não perece, mas tenha a vida eterna .Veio tudo de bom e verdadeiro que você possa desejar para uma vida. Veja só como é completo e perfeito o presente de Deus, e este ele enviou para mim e para você, basta crer e receber.

Eu sei que sempre gostamos de receber bons presentes, e que tem pessoas que não se agradam do presente que recebem, e que muitas vezes não sabemos direito o que dar a certas pessoas, por que sempre gostam de receber algo valioso e por outro lado, dar algo sem valor. Muitos olham esse presente de forma exterior, e se negam a recebê-lo, contudo jamais olharam para o seu conteúdo, para o que há de fato e de verdade em seu conteúdo. Contudo está na hora do povo cristão olhar e experimentar de fato o quanto é valioso esse presente de Natal, de olharmos para dentro dele e ver seu conteúdo, sentir os efeitos e a alegria que ele produz naqueles que o aceitam. Lembre-se: Deus amou tanto, que deu ao mundo seu filho o presente perfeito, para que todos os que o aceitam recebam gratuitamente a vida eterna, outro presente maravilhoso de Deus e que acompanha o primeiro.
 Você já aceitou o presente de Deus? Já recebeu tudo aquilo que ele acompanha? Experimente neste natal aceitar o que Deus quer lhe dar e verá como é maravilhoso e perfeito o presente de Deus para você.
Então, se Deus viesse até você e lhe pedisse, qual o presente de natal que desejaria para o mundo, e você pedisse: paz, Amor, saúde, vida... Ele lhe diria: tudo isso acompanha o presente que eu tenho oferecido a humanidade há mais de 2000 anos. Só Jesus é que pode oferecer e realizar todos os desejos do coração humano, mas é preciso que cada pessoa aceite o presente de Deus, deixando Jesus entrar em seu coração, e ai verá que o seu pedido, os seus desejos, já foram atendidos há muito tempo pelo Senhor, contudo, muitos não haviam aceito ou aberto o presente. Jesus é o melhor de todos os presentes. Se você já o aceitou, envie-o (esta mensagem) a outra pessoa, para que ela receba Jesus o presente perfeito e tenha um verdadeiro e feliz natal.
Paulo Aguilar(adaptado)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O Natal de Misha




Nesse período do ano, gosto sempre de escrever algo sobre o Natal. Por mais que a tradição religiosa instigue a descoberta de reflexões espirituais, nunca é demais tentar ampliar o sentido da existência de CRISTO em nossas vidas, mostrando muitas vezes exemplos que possam transformar a nossa maneira de enxergar o que ora distorcemos o real significado. A história de Misha - lida na edição novembro/dezembro da revista Construir Notícias (págs. 48 e 49) e publicada no site do Brasil Rotário -, além de ser comovente, vai instigar você a rever atitudes e conceitos principalmente numa época em que as pessoas insistem em enquadrar o espírito natalino em consumismo e falsas acepções. A história segue transcrita integralmente e certamente despertará você para novas mudanças:

Em 1994, dois americanos foram convidados pelo Departamento de Educação da Rússia para uma série de palestras sobre ética e moral, baseadas nos princípios bíblicos. Eles deveriam falar para os homens de negócios, os sentenciados nas prisões, os bombeiros e também num grande orfanato para, pelo menos, cem crianças e jovens que, além de serem órfãos e abandonados, haviam sofrido abusos sexuais. Os dois americanos relataram o seguinte: o Natal de 1994 estava próximo e fomos a um orfanato onde, pela primeira vez, os órfãos que ali viviam ouviram a tradicional história de Natal. Contamos que José e Maria chegaram a Belém e não encontraram lugar nas hospedarias para passarem a noite. Eles foram, então, para um estábulo, onde Jesus nasceu e foi colocado numa manjedoura.

Durante a narração, as crianças e os funcionários ficaram boquiabertos, não perdendo uma palavra sequer. Ao completar a história, demos a cada uma das crianças três pequenos pedaços de cartolina e também pedaços de guardanapos coloridos, para que fizessem uma rude manjedoura. Seguindo as instruções, dobraram a cartolina e colocaram tiras de papel em lugar de palha. Pequenos pedaços de flanela serviram de cobertura para o Recém-Nascido.

Os órfãos estavam ocupados na montagem da manjedoura e, então, começamos a caminhar por entre eles, verificando se precisavam de ajuda. Chegamos a uma mesa onde vimos o pequeno Misha, que nos aparentou ter seis anos de idade e que já havia terminado o seu projeto. Quando olhamos para a manjedoura, ficamos surpresos, pois, no lugar de um, vimos dois bebês. Imediatamente chamamos o intérprete para perguntar ao menino por que ele colocou dois bebezinhos na manjedoura. O pequeno Misha cruzou os braços diante de si e, olhando fixamente para a manjedoura, repetiu seriamente toda a história sobre o nascimento de Jesus. Para uma criança que havia ouvido a história pela primeira vez, ele relatou os acontecimentos com grande precisão, até que chegou à parte na qual Maria colocara Jesus na manjedoura. Então, Misha construiu a sua própria história e concluiu-a assim:

“Quando Maria colocou a criança na manjedoura, Jesus olhou para mim e perguntou se eu tinha um lugar para ficar. Eu disse que não tinha nem pai nem mãe e nenhuma casa para ficar. Então Jesus disse: ‘Fica Comigo’. Eu respondi que não podia, porque não tinha nenhum presente para dar a Ele, como os magos o fizeram”.

E continuou:
Mas eu queria ficar com Jesus e pensei que talvez fosse um presente se eu me deitasse também na manjedoura para aquecê-Lo. E perguntei: se eu aquecê-Lo, será isso um presente? E Jesus respondeu: ‘Se você Me aquecer, será o melhor presente que alguém poderá Me dar’. Assim, entrei na manjedoura e Jesus me disse: ‘Você pode ficar Comigo para sempre”.

Assim que Misha terminou sua história, seus olhos estavam cheios de lágrimas, que escorriam pela sua face, e seus ombros eram sacudidos pelos soluços. Colocou as mãos no rosto e debruçou-se sobre a mesa. O pequeno órfão havia encontrado, espiritualmente, alguém que não o abandonaria jamais, tampouco abusaria dele.

A história de Misha toca profundamente o nosso coração e deixa lições expressivas. Quantos, não só nesse período do ano, mas todos os dias, sentem-se só e abandonados nos asilos, nos orfanatos, nas creches, nos hospitais, pelas ruas, calçadas e esquinas....? Imaginem o que é para uma criança e para um idoso observarem as lojas ao redor repletas de consumidores; luzes sobre as pontes, os edifícios e a cidade toda iluminada, e sequer serem notados? Quantos transformam o Natal em celebração exterior quando o interior nunca foi transformado? Para todas essas pessoas segue o exemplo do pequeno Misha. Ele só encontrou a esperança, o conforto e a segurança numa só pessoa: JESUS CRISTO. O Filho de DEUS é o verdadeiro presente dado à humanidade: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu único Filho, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha vida eterna” (João 3:16).

Com JESUS nunca estaremos sozinhos. Por isso, JESUS, e não o papai noel, é a razão da celebração do Natal. O pequeno órfão, ao querer aquecer JESUS, foi aquecido por ELE. Assim é conosco: quando amamos e servimos o próximo, é porque antes fomos amados por DEUS, que aquece o nosso coração... Que CRISTO renasça dentro de nós para que possamos estar com esperança firme e segura quando ELE para este mundo voltar para buscar os fiéis! Celebremos JESUS todos os dias!

Por: Fernando César Timóteo Alves

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Solidão



Será possível hoje em dia alguém sentir isso?
Em pleno século 21?
Onde vive-se num mundo totalmente globalizado?
No auge da Internet?

Solidão não é estar só, fisicamente falando.
Solidão é o que sentimos quando estamos rodeados de pessoas, parentes, ou até mesmo da família, em alguns casos, e a sensação que temos é de estar em uma ilha.
Ilha esta vazia, deserta, não de pessoas, mas de um sentimento mútuo entre elas.
Estar sozinho pode ser uma escolha, uma consequência ou apenas uma fase.
Uma escolha é quando a sente, porém não tem ação alguma para mudar o quadro.
Simplesmente acomoda-se, talvez com medo de se decepcionar.
Mas ao mesmo tempo que previne as decepções, descarta toda e qualquer possibilidade de ser feliz.

Uma consequência, quando vivemos nossa vida nos achando o centro do mundo, autossuficientes, a ponto de conseguirmos viver distante de todos sem problema algum, ou quando nos trancamos em nosso mundo particular, achando que ninguém será capaz de amarmos exatamente como somos. E tudo isto resulta numa vida repleta de pessoas, porém vazio de sentimentos e emoções e até decepções.

Uma fase, quando não queremos nem nos acomodamos com ela.
É o momento em que passamos devido à permissão de Deus, para que cheguemo-nos mais perto dele, para sentir seu amor, seu cuidado com cada um de nós. É quando ele está nos preparando para receber algo muito bom que ele quer nos dar ,mas para isso devemos estar exatamente no lugar em que Ele nos quer.

Nos sentimos frágeis, desarmados, sensíveis . Porém quando saímos dela, olhamos o mundo com outros olhos. Damos valor à chuva que cai, a um sorriso, um abraço, em gesto de amor e até a um olhar afetuoso.
Valorizamos não apenas as pessoas, a sim a vida como um todo.
E o melhor de tudo, temos a certeza de que temos um Deus que está conosco em qualquer situação da vida, a qualquer hora, qualquer dia, pois já diz a Bíblia Sagrada: Tudo ocorre para o bem daqueles que amam a Deus. E você, em qual das situações se encaixa?

Patrícia Bione


domingo, 18 de dezembro de 2011

Você pode dizer isso



Pois eu te digo que quem te prometeu é fiel para cumprir.
E você diz: não sei o que fazer pra resolver esta situação.
E eu te digo: eleve os teus olhos para os montes é de lá que virá o teu socorro...
Quem sabe você já tentou de todas as formas,
já foi a tantas pessoas e nada...

Mas eu quero lhe dizer uma coisa:
Se você falar com Deus aí agora Ele vai te ouvir, enxugar as tuas lágrimas,
te entender e o mais importante, te atender,
então peça, clame, chore, grite, mas fale com ele do jeito que for...
Só Dele virá o teu socorro.
Muitos podem ter te dito não tem jeito.
Eu te digo que o nosso Deus é Deus das causas impossíveis,
quando as nossas condições terminam,
aí é a hora dele agir
então peça com fé
e tenha a certeza que ele mudará a tua história
porque Ele é contigo hoje e sempre.
Graça e Paz, descansa!                                                                                                                Que o tempo é momentos de preparação
para algo maior e muito melhor!
Ele sempre tem o melhor para sua vida.
Espere!
Que o tempo traz todas as bênçãos.
Que são presentes de Deus para você!

Não corra!
Porque nosso Pai manda sempre esperar.
Confie!

Que na hora, no exato momento,
o teu pedido é respondido,
o que é seu virá em suas mãos
tua oração é atendida.

Acredite!
Confia em Deus!
Ele o impossível fará,
pois Ele é o nosso refúgio!
Descanse!
Deixa Deus cuidar do seu tempo,
pois Ele não falha,
Ele não chega atrasado,
e tudo é perfeito no tempo de Deus

Autor Desconhecido

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Talvez



Talvez eu venha a envelhecer rápido demais. Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.

Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida. Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.

Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais. Mas jamais irei me considerar um derrotado.

Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda. Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.

Talvez um dia o sol deixe de brilhar. Mas então irei me banhar na chuva.

Talvez um dia eu sofra alguma injustiça. Mas jamais irei assumir o papel de vítima.

Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos. Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão em minha direção.

Talvez numa dessas noites frias, eu derrame muitas lágrimas. Mas não terei vergonha por esse gesto.

Talvez eu seja enganado inúmeras vezes. Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.

Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros. Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.

Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades. Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.

Talvez algumas pessoas queiram o meu mal. Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.

Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música. Mas então, farei que a música siga o compasso dos meus passos.

Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris. Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.

Talvez hoje eu me sinta fraco. Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.

Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias. Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.

Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música. Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.

Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações. Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.

Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira. Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.

Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser. Mas passarei a admirar quem sou. Porque no final saberei que, mesmo com incontáveis dúvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.

E se ainda não me convenci disso, é porque como diz aquele ditado: “ainda não chegou o fim” Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia."

AUTOR DESCONHECIDO

sábado, 10 de dezembro de 2011

A receita de Davi para o êxito



Saul tinha medo de Davi porque o Senhor o havia abandonado e agora estava com Davi. - Então afastou Davi de sua presença e deu-lhe o comando de uma tropa de mil soldados, que Davi conduzia em suas campanhas. - Ele tinha êxito em tudo o que fazia, pois o Senhor estava com ele. I Samuel 18. 12 a 14.


Êxito: Resultado feliz


O homem sempre viveu e continua vivendo a procura de bons resultados em todos os campos em que ele atua. Hoje mais do que nunca, há necessidade de conquistar, conquistar e conquistar. As empresas exigem alta produtividade, muitas famílias querem viver num padrão de vida superior ao seu poder aquisitivo. O homem exige de si mesmo realizações que o deixem no topo das atenções, mais nem sempre o sucesso vem e as decepções muitas vezes o levam ao poço da depressão.

O texto acima nos fala de Davi, pessoa que tinha sucesso em tudo o que fazia. A Bíblia está cheia de relatos vitoriosos da trajetória de vida desse homem, que obteve sucesso como pastor de ovelhas, escudeiro do rei Saul, tocava com habilidade sua harpa, matou o gigante Golias, derrotou filisteus, amalequitas, enfim alcançou o êxito total ao se tornar rei sobre todo Israel. Qual o segredo de Davi para alcançar tantas vitórias? A Bíblia em Atos 13. 22, nos relata o testemunho de Deus a respeito de Davi: homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade.

Podemos dizer sem medo de errar, que um caminho eficiente para chegarmos ao sucesso, é seguirmos a receita de Davi, ou seja, andarmos segundo o coração de Deus e fazer tudo o que for da vontade do Senhor. Procedendo dessa maneira, podemos dizer confiantemente: terei vitória, pois o Senhor está comigo.


Para refletir: Tenho andado na vontade de Deus?

Pr.João da Cruz Parente

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Abra a janela do seu quarto



Deus tem me ensinado a ver além das circunstâncias. Todos os dias, ao acordar, a primeira coisa que faço é abrir a janela do meu quarto. A beleza dos meus dias depende disto. Depende de como eu acordo pela manhã. De como eu vejo as cores do mundo.

       Neste dia especial, faça isto você também. Ao invés de ficar olhando apenas para os desertos que te cercam, enxergue também os jardins. Ao invés de ficar vendo apenas o luto a sua volta, contemple as cores do amanhecer. Ao invés de prestar atenção apenas no tempo nublado, fixe os seus olhos na aquarela da paixão!

       Aproveite o dia de hoje para renovar o seu humor, resgatar a sua alegria e reviver as emoções da fé. Na vida, aprendi que tudo começa pelas nossas manhãs. Tudo começa quando ainda estamos deitados. A própria Bíblia diz que as misericórdias do Senhor se renovam neste período, quando o dia está nascendo, quando o sol está pronto para raiar.

       Não sei como você acordou hoje. A única coisa que eu sei é que o brilho dos nossos dias depende unicamente de nós. Da nossa humildade, da nossa paciência, do nosso modo de ser. Depende, simplesmente, da maneira pela qual levantamos da cama...
Autor Desconhecido

Não deixe o seu barco afundar



O céu escureceu
A brisa leve virou um forte vendaval.
O mar sereno ficou agitado.
O barco balançava.
E mais água entrava.
Todos lutavam, vendo o fim bem próximo.
Mas, Jesus estava no barco.
Pediram socorro.
Jesus repreendeu o vento e acalmou o mar.
Houve paz e todos se salvaram.

O barco da nossa vida
Quem sabe, hoje, você esteja enfrentando fortes tormentas.
Pensando em desistir porque vê muitas lutas e poucas vitórias.
Escute: você não precisa lutar sozinho.
Alguém pode te ajudar.
Jesus, o Filho de Deus, morreu na cruz por nós.
Ressuscitou para nos dar a salvação.
Ele nos guarda das tormentas da vida.
E também nos dá um lugar no Céu.

Veja o que Jesus disse:
“…em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.” (João 16:33)
“…o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” (João 6:37)
AUTOR DESCONHECIDO

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...