segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Assuma mais riscos




Você deve cultivar a mentalidade de uma pessoa para quem assumir riscos é natural e que vai continuar tentando alcançar o que quer, aquilo que sonha, até conseguir.

Você deve ser alguém que não vai se conformar em ter um pássaro na mão, se esse não for o pássaro certo. Deixe que os outros aceitem o que não querem por achar cômodo, porque não têm coragem e desistem diante da primeira dificuldade.

As pessoas, na sua maioria, preferem permanecer em sua zona de conforto, onde acham que estão em segurança, mesmo que isso signifique nunca realizar seus sonhos.

Zona de conforto é aquela que as pessoas conhecem bem e na qual se sentem perfeitamente à vontade.

É um lugar seguro, previsível e facilmente administrado. E são muitos os que voltam a refugiar-se nela assim que põem o pé para fora, porque não suportam o desconforto. Assim, desistem de ir atrás das possibilidades e de aproveitar as oportunidades que o lado de fora oferece.

Querer sentir-se confortável, numa área perfeitamente conhecida, é o grande inimigo do ímpeto, algo que seduz a pessoa com uma falsa sensação de bem-estar, mas que a mantém abrigada do estresse, da pressão, do medo de tentar e falhar. Mas, para os que tomam coragem para sair de sua zona de conforto, as recompensas são enormes.

Um bom exemplo é o ator Brian Blessed que, em 1990, aos 58 anos, escalou o Everest sozinho e tornou-se o homem mais velho a alcançar a altura de 8 mil e 400 metros. Realizou um sonho que tinha desde os 14 anos e não parou mais.

Depois disso, chegou ao topo do Everest por outras duas vezes, escalou o Kilimanjaro, o Aconcágua, no Chile, e o Roraima, na Venezuela. O que ele costuma dizer quando alguém o taxa de louco: “Todos nós temos nosso Everest para escalar.

Só é preciso tentar. Se eu não tivesse pelo menos tentado, nunca conseguiria. Penso que o maior perigo na vida é não arriscar”.

Busca



Tenho encontrado muitas pessoas, porém não encontro gente.... Há um vazio dentro de cada um, um processo de fechamento em sentimentos. Encontro sorrisos, porém daqueles que expõem apenas os dentes.

Encontro verdadeiras tocaias, e não corações. Reservas insistentes da solidão.

Tenho encontrado pessoas medrosas, indecisas, escondendo-se de si mesmas. Pessoas que dizem: Não sei..., Não sei se quero..., Não sei se posso...

Quando sabem exatamente o que querem e o que buscam, e não se arriscam ao menor impulso. Pessoas duras, escuras, impossibilitadas de amar. Estas, cansei de encontrar...

Busco por gente que empreste o ombro, que não tenha medo de dizer que levou um tombo. Busco por gente que assuma que amar traz sofrer, e, com esta certeza, não venham a se esconder.

Busco por gente que tenha a experiência de sobrevivente de guerra. Busco por gente, que de tanto caminhar, não tenha receio de dizer que seus pés ainda têm muito por machucar. Quero gente de coragem para comigo conversar.

Gente que saiba que máscaras não dão mais para usar, e sendo seu perfil interno, branco ou preto, tenha a dignidade de revelar.

Busco por gente que chore livremente, sem preconceitos pelas lágrimas derramadas. Quero gente que saiba exatamente para onde está indo e o que deseja encontrar, mesmo que esta busca jamais venha alcançar.

Busco por gente,"Seres Humanos", que saibam se doar, estes, eu anseio por encontrar.

Gente de decisão, sem argumento para esconder, escusas ações. Quero gente que é gente, que mostra a cara, vai à luta e dorme contente.

É desta gente que eu preciso! Gente liberta, que me dêem um canto em seu colo e saibam me acariciar, sem tempo, sem hora e em qualquer lugar !!!

(Cora Maria)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Escolha a sua resposta



Tenha em mente que a resposta que você dá a qualquer situação que lhe surge é uma escolha sua. Afinal, é você quem está tomando a atitude. Aqueles que continuamente respondem com ira, inveja, frustração ou outra atitude mesquinha irão colher os resultados de suas respostas amargas. Quando no entanto você decide responder com compreensão, paciência, isenção, confiança e coragem, os resultados são muito mais doces e suaves.
A circunstância não determina a resposta. É você quem a determina. Em cada momento, em cada circunstância, você pode escolher a resposta que irá impulsionar a sua vida para a frente. Dessa maneira ninguém poderá empurrá-lo para baixo, a não ser que você permita.
Você sempre tem a oportunidade de responder da melhor e da mais positiva maneira possível. Todas as vezes em que você se decide a responder de uma forma positiva, criativa – não importa qual seja a situação –, você estará fazendo um bem enorme a si mesmo e uma significativa diferença no mundo a seu redor.
Nélio DaSilva

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A escolha é sua



Você tem a liberdade de decidir que atitudes tomar.
Não existe ninguém, nenhuma lei, muro, prisão nem circunstância que possa impedi-lo de exercer controle sobre sua própria mente.

As circunstâncias não podem controlá-lo. Você tem o controle sobre si mesmo. O mundo ao seu redor pode ser bom ou ruim, mas a decisão está em suas mãos. Você pode ter nascido em um palácio e acabar por não fazer nada da sua vida. Ou você pode ter crescido em um gueto e tornar-se uma pessoa de grandes realizações.

Você pode ser paciente em meio a frustrações. Você pode manter o foco no meio da confusão. Você pode ser disciplinado em meio à libertinagem. Você pode ser positivo em face ao desespero e amoroso em face à amargura.

A pessoa que você é por dentro não depende das coisas que acontecem do lado de fora. Uma vida de sucesso é conseqüência da nossa firmeza de propósitos e nossa habilidade em usar os caprichos das circunstâncias em vez de sermos consumidos por eles.

Autor desconhecido

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...