quarta-feira, 20 de maio de 2015

Deixa Deus aumentar tua força



Faz forte ao cansado (e fraco) e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor (fazendo sua força multiplicar-se e abundar). ISAÍAS 40.29
 

Quando sinto que começo a ficar cansada, busco o Senhor. Tenho aprendido que é melhor manter boas condições regularmente do que esperar até que uma crise ocorra e, então, tentar reparar o prejuízo.

É sábio não usar tudo que você tem e esgotar totalmente seus recursos, sejam eles físicos, mentais, emocionais ou espirituais. É fácil ficar exausto com excesso de trabalho ou simplesmente viver irritado e frustrado com seus problemas, especialmente quando seu foco está neles, em vez de manter seus olhos no Senhor.

Não se apoie em si mesmo ou em sua própria força e capacidade. Deus prometeu prover a força, a energia e o poder de que você precisa para prosseguir.


Assim, aprenda a relaxar mais e permitir que o Senhor restaure sua vida antes que você se esgote totalmente. Separe um momento diariamente para passar tempo de qualidade com Jesus.

(Joyce Meyer)

Confeccionando uma tapeçaria



Um missionário viajava por terras distantes, quando ao passar por um mercado de um vilarejo, encontrou uma banca de criadores de peças de tapeçaria.

Enquanto andava, um fato lhe chamou a atenção; um homem estava gritando de seu tear em um canto da banca para outro operário do outro lado da banca. Enquanto gritava, fios formavam a peça de tapeçaria como que por mágica. O missionário pediu uma explicação a seu guia.


- O homem que você vê, disse o guia, é um tecelão mestre. Ele grita à seu aprendiz atrás do tear que cor de fio usar e onde colocar. Só o tecelão conhece o projeto inteiro, então é vital que o aprendiz execute os comandos do mestre com extrema exatidão.


- E o aprendiz nunca comete um erro? Perguntou o missionário. - Naturalmente. Mas o tecelão é um homem muito bondoso e neste caso ele raramente colocará o menino para fora do serviço. Ao contrário, sendo um grande artista, ele simplesmente trabalha o erro dentro do projeto.


E o missionário saiu pensando, - Assim é Deus conosco. Nós não podemos ver o padrão que Deus quer dar à peça. Estamos do outro lado do tear olhando para os fios aparentemente colocados sem propósito. Ocasionalmente podemos dar uma olhada no projeto, mas então logo que imaginamos saber tudo, o mestre indica um fio que muda toda a coisa. 

Então, temos que confiar, pois o mestre tecelão sabe o que ele faz. - E como o aprendiz, nós também cometemos nossos erros. Colocamos um fio vermelho ao invés de um violeta. 
Damos o nó no lugar errado ou deixamos frouxo. 


E Deus, em sua misericórdia, não dá bronca, mas apanha nossos erros e refaz o projeto.

Clame a Deus



No Salmo 50.15 lemos a maravilhosa promessa de Deus:"...invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificarás."

Em uma fábrica de tecidos, onde funcionavam teares muito complicados, havia uma placa que dizia: "Se os fios se emaranharem, chame o supervisor". Recentemente aconteceu o seguinte: os fios do tear de uma operária muito dedicada e hábil se enrolaram. 

Imediatamente ela tentou desenredá-los, mas seus esforços somente tornavam maior a confusão. Finalmente, cansada e mal humorada, ela pediu ajuda ao supervisor.
"Você mesma já tentou separar os fios?", perguntou ele. – "Sim". – "Por que você não me chamou, conforme a norma?" – "Fiz o melhor que pude", respondeu ela. – "Lembre-se, ‘o melhor' em tal caso é me chamar!"

Quantas pessoas neste mundo se assemelham a essa mulher! Elas são honestas, corajosas e trabalhadoras. Elas enfrentam a vida com determinação. Gostaríamos de resolver tudo sozinhos, dar conta dos problemas, pois não nos agrada pedir ajuda aos outros. Esforçamo-nos para encontrar a própria solução. Mas, todos os esforços são em vão. No final, ficamos totalmente desanimados.

Muitas vezes, as circunstâncias acabam se tornando tão difíceis que não conseguimos mais nos desvencilhar sozinhos dos problemas. Quantas vezes um médico já teve de dizer a um paciente: "Mas, porque você não veio antes?"


Quando alguém se encontra em tal situação, a única solução é ir ao Senhor Jesus e invocá-lo. Ele é a resposta a todos os nossos problemas e às muitas confusões provocadas pelo pecado. Sem Ele não podemos fazer nada – nem para nós mesmos, nem para outros. Jesus Cristo diz: "...o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora" (Jo 6.37). 

Norbert Lieth

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Carregue sua cruz



Certo homem estava muito triste, pois suas lutas estavam grandes, além do que ele imaginava que pudesse aguentar, chorava muito todos os dias, noites, madrugadas, ele sofria muito, pois as lutas pareciam não acabar. Suas dívidas eram muito altas, problemas com a educação de seus filhos, problemas com sua esposa, problemas familiares, problemas em seu trabalho, pois seu chefe o estava perseguindo. Apesar de ouvir muitos conselhos, ele resolveu abandonar sua cruz, pois não aguentava mais carregá-la; estava muito difícil, resolveu ser fraco e desistiu de seguir ao Pai.

Cada dia que se passava as coisas iam ficando piores, lutas e mais lutas em sua vida. Quando carregava sua cruz ele gritava que não aguentava mais carregá-la, pois jorrava sangue de seus ombros. Quando num dia o Senhor falou a ele em sonhos que ele viesse até a presença do Pai e pegasse junto ao trono de Deus sua carta de vitória. Ele de repente se pôs a andar por um longo e árduo deserto, um deserto que parecia não ter fim, estava muito quente, mas algo o impulsionava a andar naquela direção. Depois de andar muito tempo ele viu bem ao longe uma luz, e mesmo cansado começou a andar mais rápido até que ele chegou até aquela linda luz. Só que entre ele e aquela luz existia um grande abismo.

Ele sentou – se entristecido, naquele local, quando um anjo se aproximou e mostrou a ele que do outro lado daquele abismo estava sua carta de vitória. Mas ele olhou para o anjo perguntando-lhe como faria para chegar até aquela carta, e tornou a olhar em direção a mesma, e o anjo lhe disse volte para a cruz, volte a carregar sua cruz, pois nela está o caminho para a vitória. Foi aí que ele acordou e ficou sem entender aquele sonho. Mas naquele mesmo dia ele procurou ajuda para poder prosseguir nos caminhos de Deus. Foi quando tomou a decisão de tomar novamente sua cruz e carregá-la. Só que as coisas não mudavam, estava tudo muito confuso. Foi quando novamente ele teve o mesmo sonho e o anjo mandou-lhe seguir no mesmo caminho. E ele falou ao anjo que não aguentaria pois sua cruz era muito pesada, e o anjo olhou para ele e disse: eis que o Pai te manda prosseguir, pois a cruz é seu passaporte para a felicidade.

Então ele começou andar carregando sua cruz. Seus ombros sangravam, suas costas estavam arrebentadas, e ele perguntou ao anjo: ainda falta muito? E o anjo respondeu-lhe: olhe para frente, eis a luz. E aquele homem pode novamente ver aquela luz, mas perguntou ao anjo como ele faria para chegar até ela. O anjo lhe respondeu use a cruz, como assim perguntou o homem, jogue-a atravessando - a até o outro lado do abismo fazendo dela uma ponte e chegue aos braços do Pai e apanhe sua carta da vitória.

Muitas vezes queremos deixar nossa cruz, por achar que ela é muito pesada. Mas lembre-se que as lutas podem ser grande até demais, mas não deixe sua cruz pois será ela o seu passaporte para se achegar a glória junto com o Pai.

Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
Mt. 18:24

Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
Mc. 8:34


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...