sexta-feira, 31 de agosto de 2012

TRAGA À MEMÓRIA



Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do SENHOR são as causas de não sermos consumidos, porque as SUAS misericórdias não têm fim; renovam-se a cada manhã. Grande é a TUA fidelidade. A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei NELE. Bom é o SENHOR para os que esperam NELE, para a alma que O busca.” Lm 3:21-22

Jeremias está desolado, andando sobre os escombros da cidade que tanto amava. Mas, a sua desolação demora só até o ponto em que ele se dá conta de algo: trazer à memória o que lhe traz esperança.

Quando estamos no fundo do poço, a esperança é o que mais faz falta, quando o mundo desaba sobre você a esperança se esvai como poeira. Mas, Jeremias se ergueu, teve um lapso de fé e resolveu que iria lembrar do que lhe poderia restaurar a esperança, esta esperança está erguida em DEUS, está assentada no fato de que “as misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos”; “as misericórdias do SENHOR não têm fim” e “a fidelidade do SENHOR é grande”.
Depois do fim do poço só há um caminho – a subida, e ela começa quando você toma decisões como a de Jeremias, decisão de não confiar em si mesmo ou em outros; não confiar em sorte ou em “lógica das circunstâncias”. Jeremias se fiou apenas no amor e na graça de DEUS revelada em SUAS misericórdias.
Faça como Jeremias, traga à memória tudo o que DEUS já te presenteou, toda ajuda que ELE já te deu, todas as promessas que ELE te fez, todas as soluções que ELE já te entregou nas mãos, todas as enrascadas que ELE te tirou e de todos os poços que ELE já te içou…Lembre-se de todo esse arsenal de misericórdia, é aí onde você vai encontrar a esperança para esperar mais uma gloriosa ajuda do PAI. Ajuda que virá, sem dúvida virá na hora decisiva, da forma correta, pois, a misericórdia e a fidelidade do Senhor não falham e não têm fim.
Neuma Fernandes

Fonte: Salmo 37



terça-feira, 28 de agosto de 2012

O topo da montanha




Numa cidade havia uma montanha bastante íngreme e pedregosa, jamais escalada. Três amigos decidiram fazer a sua subida e, para isto, prepararam-se durante alguns dias. Muniram-se de todo o equipamento necessário, como cordas, alimentos e materiais de primeiros socorros. No dia estabelecido, iniciaram a aventura, que seria observada por várias pessoas.

Um deles, o mais jovem, iniciou a subida fazendo grande alarde, concedendo entrevistas e se declarando, por antecipação, como o mais preparado para atingir o objetivo. Partiu eufórico e venceu os primeiros obstáculos com relativa facilidade. Prosseguiu na escala e, quando atingia uma determinada altura, em torno de 10% do desafio a percorrer, parou para descansar. Já sentia forte cansaço e em seu corpo já se percebiam as marcas de alguns ferimentos, resultantes do contato com a vegetação nativa e espinhosa que encobria a montanha.

Do ponto em que se encontrava, olhou para o alto... e sentiu um frio percorrer-lhe a espinha. Estava ainda muito distante do ponto de chegada. Teve medo. O desafio era maior do que suas forças. A distância que faltava percorrer era gigantesca. Desistiu. Acabrunhado, retornou ao ponto de partida, deixando no exato ponto onde parou uma placa com os dizeres: "É DIFÍCIL!"

O outro, igualmente jovem, porém mais determinado, foi muito mais além. Enfrentou barreiras e espinhos, expôs-se ao vento que era mais forte, feriu pés e mãos, despendeu grandes esforços e atingiu a metade do monte. Só aí parou para descansar. Estava esgotado e bastante maltratado.

Olhou para baixo... e sentiu calafrios. Era aterrorizador olhar para baixo e ver a altura em que se encontrava. Entristeceu. Já fizera todo aquele esforço e ainda não lograra o êxito desejado. Qualquer deslize ali poderia ser fatal. Sentiu medo. O desafio era maior do que suas forças. Desistiu. Acabrunhado, retornou ao ponto de partida, deixando no exato ponto onde parou, uma placa com os dizeres: "É DIFÍCIL ACREDITAR QUE CHEGUEI AQUI."

O terceiro deles, mais amadurecido e reservado, nada disse nem prometeu. Iniciou sua caminhada de forma obstinada e segura. Atravessou barreiras e espinhos; superou desafios e dificuldades; expôs-se a situações desconfortáveis e dolorosas; experimentou ferimentos nos pés e nas mãos, mas prosseguiu em seu intento. Acreditava que poderia chegar.

Não olhou para cima, nem olhou para baixo. Apenas prosseguiu. De forma determinada e gradual, foi alcançando, passo a passo, seu objetivo. Via apenas uma coisa: o objetivo traçado.

Estava com a mente colocada bem adiante, no lugar da chegada. E, com este ânimo, foi superando os obstáculos que surgiam, sem se deixar abater por eles.


Após muito esforço e determinação, chegou ao topo da montanha. O desafio estava vencido. Lá em cima, radiante com a conquista realizada, escreveu: "É DIFÍCIL ACREDITAR QUE CHEGUEI AQUI, PORÉM DIFÍCIL FOI ACREDITAR QUE PODERIA CHEGAR."

O sucesso somente chega para aqueles que se dispõem a alcançá-lo, com firmeza e persistência.

Não desanime diante dos primeiros embates. Mantenha sempre elevada a sua autoestima, seja constante em seus ideais e saiba esperar.

As barreiras, os problemas e as crises, são indicativos do nosso grau de comprometimento com as leis de Deus. Receba suas provas com serenidade, entendendo que, por maior que seja o problema, o mundo não vai se acabar se as coisas não acontecerem da maneira que você deseja.

A perseverança é tão definidora de nossa sorte futura que Jesus, ao mostrar como se conquista o Reino de Deus, afirmou: "Aquele que perseverar até o fim será salvo" (Mateus 10-22).
(Autor desconhecido) 

Deus em primeiro lugar - A vida



Pensar sobre a vida é algo que todos nós deveríamos fazer regularmente. Volta e meia poderíamos parar, pelo menos por alguns instantes, tudo o que estamos fazendo, retirarmo-nos para um local quieto e refletir. No entanto, vivemos em um mundo tão corrido que parece que esta atitude não tem muita importância. O que vale é o aqui agora. Somos a sociedade do instantâneo. E, infelizmente, isso passou a fazer parte não somente das coisas que usamos, mas sim de nossos relacionamentos, de nossas esperanças, enfim, de nossas vidas

Mas, que tal tentar fazer isto agora mesmo? Pare por um momento... Pense sobre sua vida... Sobre seu passado... Sobre seu futuro... Principalmente sobre seu futuro... Então responda para você mesmo: Onde está Deus em sua vida? Qual a posição que Ele ocupa? Seja sincero, afinal só você e Ele sabem, realmente, a resposta. Agora, preste atenção na posição em que Ele deve estar: ?Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas?. Mateus 6:33.

Deus está dizendo a você que Ele deve ocupar o primeiro lugar em sua vida. Para Ele, a segunda colocação já não serve. Ou Ele está em primeiro, ou nada. Talvez você não concorde com isso. Talvez você até ache isto, de Deus em primeiro lugar, muito bonito, mas para você esta posição é para os outros. Bem, se você é um destes, desculpe-me, mas não é para você que estou escrevendo.

Agora, se você é um daqueles que concorda com esta prioridade, e reconhece que não a tem posto em prática, mas deseja ardentemente que isto seja real em sua vida, faça o seguinte: Diga isso a Deus! Confesse a Ele que é um pecador e que precisa Dele acima de qualquer pessoa ou coisa. Tenho certeza que Ele lhe mostrará a vida: "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim. João 14:6.
Marco Antônio Sales

Leia Também: O que é mais importante para você?
                                   Dê amor e não presentes - o nó do afeto

domingo, 26 de agosto de 2012

A sua resposta é a que conta





Crie o seu futuro tendo como referência o seu futuro e não o seu passado. Werner Erhardt
Não se focalize em julgamentos sobre o que aconteceu. Focalize-se em como você pode responder de maneira positiva, de tal maneira que você possa criar valores advindos da situação, não importando quão desafiadora ela possa ser. A vida está em constante mudança e com cada mudança surgem novas oportunidades. Em vez de temer ou de lutar contra mudanças que já estão acontecendo, olhe para as oportunidades que estão dentro delas.

Não perca o foco se preocupando ou discutindo sobre de quem é a culpa ou como as coisas poderiam ser diferentes. Coloque a sua energia em fazer um bom e significativo uso daquilo que você já tem em mãos.

Existe alguma coisa mudando neste exato momento e nessa mudança está uma valiosa oportunidade que está nascendo. Abra os seus olhos, respire fundo, coloque um sorriso no seu rosto e retire o melhor da oportunidade que está à sua disposição.

Nélio DaSilva

Para Meditação:
Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada.  Romanos 8:18

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Certeza de amparo e ajuda







Não se sinta abandonado à sua própria sorte, como se fosse 

possível o desamparo de Deus, se você não estiver “vendo as 

pegadas” de Jesus ao seu lado, não pense que está caminhando

 sozinho; com certeza Ele o está carregando em seus braços.

 Aproveite esses momentos para encostar a cabeça em seu ombro e 

descansar confortavelmente. Abra o seu coração e fale com Senhor, 

Ele vai confortá-lo, e o seu coração se encherá de esperança e 

alegria. Firme-se nas promessas do Pai, pois foi Ele quem 

prometeu: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, 

porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento 

com a minha destra fiel.” (Is 41.10).

Márcio Valadão, em “RENOVE A SUA ESPERANÇA”

domingo, 19 de agosto de 2012

CONFISSÃO E CONFIANÇA


Você sabia que admitir seu desespero, sua dor, sua dúvida, seu medo para DEUS pode ser uma declaração de fé?

Confiando em DEUS e sentindo desespero ao mesmo tempo, Davi escreveu: “Cri, por isso falei; estou completamente arruinado.” Isto parece uma contradição – confiar em DEUS, mas, se sentir destruído! A franqueza de Davi na verdade revela uma profunda fé. Primeiro, ele acreditava em DEUS. Segundo,  ele acreditava que DEUS ouviria sua oração. Terceiro, ele acreditava que DEUS o deixaria dizer como se sentia, e ainda assim o amaria.

Independente das circunstâncias e de como você se sente, agarre-se no caráter imutável de DEUS, lembre-se daquilo que é eternamente verdadeiro a respeito DELE: “ELE é bom, ELE me ama, ELE está comigo, sabe das coisas que estou passando, ELE se importa e tem um bom plano na minha vida”. Nunca duvide na escuridão do que DEUS te disse na luz.

Mas, ao mesmo tempo, não perca de vista que você para seguí-LO precisa aceitar SEU código de comportamento. DEUS ama, sim, mas, além de ser bom, ELE é justo e absolutamente corRETO. ELE ama o pecador, mas não o pecado.

Busque a DEUS e diga-LHE tudo que sente, desnude-se diante DELE, relate seus anseios, temores e reconheça seus pecados com arrependimento. Então, se desprenda dos problemas. As circunstâncias não podem mudar o caráter de DEUS. A graça DELE ainda está a plena força. Quando você se sente abandonado por DEUS e mesmo assim mantém sua confiança NELE, a despeito dos seus sentimentos, você O está adorando da forma mais profunda.

Se DEUS nunca tivesse feito nada por você, ELE ainda mereceria  seu louvor ininterrupto pelo resto da vida, por causa do que JESUS fez por você na cruz. JESUS desistiu de todas as coisas para que você tivesse todas as coisas. ELE é merecedor de toda a sua confiança, louve-O confiando NELE.

Rick Warren, em “UMA VIDA COM PROPÓSITOS”
Fonte: Salmo 37

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Crescer nunca é fácil - AGITANDO O NINHO


amadurecimento, momentos difíceis, crescimento


Como a águia desperta o seu ninho, se move sobre os seus filhos, estende as suas asas, toma-os e os leva sobre as suas asas, assim, só o Senhor o guiou; e não havia com ele deus estranho”— Deuteronômio 32.11,12

Um ninho de águia é absolutamente diferente de qualquer outro que você já possa ter visto. As águias usam grandes galhos e ramos a fim de construí-los. Tais pássaros levam esses galhos grandes até o topo da montanha e começam a arrumá-los dentro da fenda de uma rocha. Em seguida, acrescentam galhos menores. Mais tarde, cobrem o ninho com folhas.  Então, como passo final, as águias pegam plumas, caídas dos seus próprios corpos, para cobrir o interior do ninho.

Logo depois que os bebês águias nascem, eles passam um tempo tranquilos. Aconchegam-se no ninho macio e emplumado, e tudo de que necessitam lhes é trazido. Entretanto, um dia, as coisas mudam. Chega o momento em que a águia mãe agita o ninho!
No momento certo, a águia mãe desce no ninho, bate as suas asas, e faz com que seus filhotes acordem e andem. Então, ela retira do ninho todas as folhas e penas macias, de tal forma que as aguiazinhas não fiquem confortáveis – quando as jovens águias tentam deitar-se, os galhos as espetam. É o momento dos bebês crescerem!

Talvez você esteja neste mesmo ponto na sua caminhada espiritual. Deus o proveu e o ajudou. Você conhece as Santas Escrituras, mas precisa crescer espiritualmente. É tempo de começar a crer Nela por você mesmo. Algumas vezes, as pessoas atingem uma posição na caminhada com Deus na qual elas se perguntam porque as coisas não estão tão confortáveis como costumavam ser. Provavelmente, isso aconteceu porque elas precisavam crescer! Talvez, Deus as esteja agitando, exatamente como a mamãe águia sacode o seu ninho e bate as asas em cima dos seus filhotes! Isso é o que o Senhor pode fazer com você. Ele o agita e remove todas as penas macias – tudo na sua vida que faz com que seja fácil ficar espiritualmente complacente. Deus tenta ajudá-lo a levantar-se para começar a sair do seu lugar de conforto e aprender como crer Nele  por você mesmo (e não apenas para você mesmo, mas também em benefícios de outros!)

Depois de uns dias chacoalhando seus filhotes, a mãe entra no ninho, localiza-se atrás deles e bate as asas até que, finalmente, uma das aguiazinhas sobe até a beirada do ninho. Entretanto, a águia mãe não fica satisfeita. Com o bater das suas asas, ela, deliberadamente, empurra o primeiro filhote para fora. E lá se vai a pequenina águia em queda livre!

Talvez você pense: “Esse filhote sou eu! Eu me sinto como se acabasse de ser empurrado para fora da minha vida confortável, e estivesse em queda livre. E agora, o que tenho de fazer?” Você tem que fazer o que viu outros cristãos fazerem: usar as suas asas da fé e crer em Deus!

Kenneth Hagin, em “VOANDO COMO ÁGUIAS”
Fonte : Salmo 37
Leia Também: Pendurado num Galho

 "A vida é curta demais para acordar de manhã com problemas, preocupações e mágoas desnecessárias.
Então seja gentil com as pessoas que te tratam bem, perdoe as que não o fazem, e acredite que tudo acontece por algum motivo.
Se aparecer alguma oportunidade na sua frente, aproveite-a. 
Se ela mudar a
sua vida, aceite.
Ninguém nunca disse que a vida seria fácil.
Somente que ela valeria a pena.
Chore, ria, ame muiiito....vale a pena...
E agradeça a Deus por cada dia ...
Como uma nova chance de você recomeçar !"


domingo, 12 de agosto de 2012

Através da fé...



A palavra do Senhor nos diz: " a fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver. ( Hebreus 11:1)

Pois foi pela fé que Abraão se tornou pai, embora fosse velho demais, pois ele creu que Deus ia cumprir a sua promessa.

O cego Bartimeu foi curado por Jesus porque teve fé.. (Marcos 10:52).
Em nossas vidas temos muitos sonhos, planos e passamos por muitos problemas e aflições, mas se crermos em Jesus e tivermos fé, não duvidando de seu poder e de suas promessas para nossas vidas, sabemos que podemos receber muito mais que pedimos ou sonhamos!! ( Marcos 11:24) e sabemos que podemos ter vitória seja qual for o problema ou dificuldade que tivermos enfrentando.

E a nossa fé vem pelo ouvir a palavra de Deus, por isto a importância da leitura diária da bíblia e o estudo da palavra de Deus para que cada vez mais possamos aumentar a nossa fé, colocando em nossos corações a certeza que Deus está nos controle de nossas vidas e que com isto o sobrenatural pode ocorrer!!
Não desista, não pare de sonhar e creia com todo o seu coração no Deus do impossível, no Deus poderoso, o Deus de milagres, o único que é digno de toda nossa adoração e louvor!!!

Um grande abraço
Roberta Flores Muller

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O desafio da montanha



Olhe para o alto e veja sua montanha, a montanha que está aí, dentro de você.

São imensos os desafios: o medo da solidão, a desconfiança, os conflitos, a dúvida, o desconhecido, a insegurança, o compromisso, as tempestades que surgem no horizonte.

Mas em você, bem dentro de você, há forças poderosas que precisam ser despertadas, canalizadas.

Está o divino em forma de entusiasmo, está o humano em forma de ousadia, está a esperança feita de entusiasmo e ousadia.

Olhe para o alto e ouse ser aquilo que você deseja ser.

Olhe para o alto e ouse ser alguém maior do que já foi até agora.

Olhe para o alto e ouse ter grandes esperanças acreditando poder transformar utopias em sonhos e sonhos em realidade.

Olhe para o alto e ouse fazer de cada desafio um motivo para reforçar em si o espírito de luta, garra e determinação de vencer.

Por isso, avance, esforce-se o mais que puder e, quando chegar ao topo, olhe para baixo, e sentirá a satisfação de ter a montanha a seus pés.
Terá o prazer supremo da conquista e, no coração, terá a alegria imensa de saber que outros o seguirão para escalar outras montanhas.

Autor Desconhecido

domingo, 5 de agosto de 2012

Deus acredita em você




Deus acredita tanto em você que Ele depositou uma porção do Seu divino potencial em você. Mesmo que ninguém mais no mundo acreditasse em você, Deus acredita, e com essa confiança, você pode fazer qualquer coisa que Ele quer que você faça.

Eu o incentivo a descobrir qual é o seu potencial e começar a desenvolvê-lo.
Não espere até que todas as condições sejam perfeitas - faça algo agora. Comece cultivando as sementes divinas da habilidade de Deus que se encontram dentro de você. Se você não sabe com certeza quais são elas, descubra o que você mais gosta de fazer, coisas que você tem talentos naturais e dons para realizar. Comece a treinar-se nessas áreas.

Se você gosta de escrever músicas, histórias, ou poesia, desenvolva o seu dom. Organize sua vida de forma que você terá horários regulares para escrever e estudar as regras de gramática. Se você sabe que pode cantar, então pratique, aprenda música, e desenvolva sua voz através de treinamento vocal. Se você gosta de desenhar ou pintar e tem talento nesta área, separe um tempo para praticar e aprender sobre cores, estilos artísticos e técnicas. Se você sabe que tem um talento para negócios, uma habilidade para ganhar dinheiro, então estude, vá para a escola, e aprenda com aqueles que já tem sucesso nisso.

Seja qual for o seu dom ou chamado, confie-o ao Senhor, ore por suas bênçãos, e comece a desenvolvê-los. Lembre-se, seu tempo está nas mãos de Deus, e Ele torna todas as coisas belas em seu devido tempo. Faça uma decisão agora mesmo de que você não ficará satisfeito com nada menos do que você pode ser!

AUTOR DESCONHECIDO

A perspectiva de Deus







Gênesis mostra, através da história de José, DEUS operando por trás dos 
bastidores.

Se alguém teve um motivo válido para ficar decepcionado com DEUS, esse
 alguém foi José. Suas corajosas investidas, querendo fazer o bem, nada 
lhe proporcionaram senão problemas.

Fico imaginando se, enquanto José apodrecia num calabouço egípcio, não 
ocorreram à sua mente perguntas tais como – DEUS é injusto? Está calado?
 Escondido?

Mas, por um instante, volte-se para a perspectiva de DEUS. Foi de 
propósito que ELE “se retraiu” para permitir que a fé de José chegasse a um 
novo nível de maturidade? E poderia ser, por isso, que Gênesis dedica mais 
espaço a José do que a qualquer outra pessoa? Em meio a todas as suas 
tribulações, José aprendeu a confiar: não que DEUS impediria as 
dificuldades, mas, que ELE compensaria até mesmo as dificuldades.
  Reprimindo as lágrimas, José tentou explicar sua fé a seus irmãos 
assassinos – “Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém DEUS 
o tornou em bem…”


Philip Yancey, em “DECEPCIONADO COM DEUS”

Fonte: Salmo 37


sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A vida me ensinou…




A vida me ensinou…

A dizer adeus às pessoas que amo, 

Sem tirá-las do meu coração;

Sorrir às pessoas que não gostam de mim, 

Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam; 

Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, 

Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar; 

Calar-me para ouvir;

Aprender com meus erros. 

Afinal eu posso ser sempre melhor. 

A lutar contra as injustiças; 

Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,

A ser forte quando os que amo estão com problemas; 

Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;

Ouvir a todos que só precisam desabafar;

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;

Perdoar incondicionalmente,

Pois já precisei desse perdão;

Amar incondicionalmente,

Pois também preciso desse amor;

A alegrar a quem precisa;

A pedir perdão;

A sonhar acordada;

A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);

A aproveitar cada instante de felicidade;

A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;

Me ensinou a ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, embora nem sempre consiga entendê-las;

A ver o encanto do pôr-do-sol;

A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;

A abrir minhas janelas para o amor;

A não temer o futuro;

Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente, como um presente 
que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que 
lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.

Charles Chaplin




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...