segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Milho de pipoca



Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre. Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.

São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.

Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo!

Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também. Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer.

Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM!

E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado. Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.

A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Deus é o fogo que amacia nosso coração, tirando o que nele há de melhor! Acredite que para extrairmos o melhor de dentro de nós temos que, assim como a pipoca, passar pelas provas de Deus.

Ponto de ruptura



Vamos falar de superação...


Como anda a sua vida? Está satisfeito com ela ou anda a ponto de “desabar”, tal qual um prédio no limite da sua estrutura, com sérios riscos de vir abaixo?

Se a resposta for: “tô mal”, surge a pergunta: dá para consertar?
Dá pra RESTAURAR a minha ESTRUTURA? Tem jeito pra mim?

Em engenharia civil - minha formação profissional -, sabemos que o concreto armado, muito utilizado atualmente, deve sua estabilidade à combinação de dois materiais: a argamassa – o famoso concreto, de areia, pedras e cimento - e a ferragem de aço.

O concreto resiste à PRESSÃO exercida pelo peso da edificação, e o aço suporta a TRAÇÃO, geralmente provocada pelos movimentos do prédio, muitas vezes imperceptíveis, mas que acontecem constantemente.

Esta é uma questão técnica - cheia de detalhes - que não interessa ao morador de um prédio. O que vale para ele é estar bem instalado em sua casa, de modo seguro.

Mas é interessante notar que os seres humanos se comportam de forma um tanto semelhante a este METAL das edificações, ou seja, possuem UM PONTO DE RUPTURA diante das adversidades da vida.

O tal PONTO de RUPTURA pode acontecer diante de uma provocação, gerando uma REAÇÃO VIOLENTA – e aí reconhecemos o famoso “estopim curto”. A “ruptura do metal” pode também acontecer com a PROSTRAÇÃO e o DESÂNIMO, diante de um desafio mais intenso. E há casos extremos, onde a pessoa não suporta mais viver.

Tanto a 
raiva como o abatimento não são convenientes e prejudicam nossas realizações, relacionamentos e alegria de viver.

A Palavra de Deus nos dá uma “dica” sobre a razão pela qual tais pontos de ruptura se apresentam tão freqüentemente:

Se te mostras fraco no dia da angústia, quão pequena é a tua força!” (Pv 24:10).

Em outras palavras, nós temos nos deixado abater pelos desafios da vida por estarmos 
montando nossa estrutura interior com MATERIAIS FRÁGEIS, como por exemplo: armar uma laje com alumínio e não com aço carbono.

Mas, perguntará você, como melhorar minha estrutura se é isso que tenho à disposição?

A resposta não é difícil, nem está distante: basta substituir seus materiais - que são realmente limitados - por aqueles de Deus, que 
suportam a tudo e jamais se rompem:
Assim diz o Senhor: Maldito (ou fraco é) o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e cujo coração se aparta do Senhor!...
...Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor (Um material inquebrável).Ele será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro. Não receia quando vem o calor; suas folhas são sempre verdes. No ano de sequidão não se perturba, nem deixa de dar fruto (Não se rompe diante da adversidade).(Jeremias 17:5-8).

Peça ao Eterno, hoje mesmo, que mude sua estrutura, e viva uma vida de amor e alegria, com FORÇA para suportar problemas e dificuldades. Em Deus, é possível ter paz.

 Elcio Lourenço.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Pegue a sua pá





Não se espante com os problemas, nem se deixe levar pela maré; o que hoje parece ser o fim, pode ser recomeço;

pode indicar um novo caminho, mesmo entre pilhas de destroços; como os japoneses depois da bomba atômica, encolhidos entre o sentar e chorar pelos mortos, ou pegar uma pá e reconstruir.

Talvez a sua vida pareça destruída por uma bomba, talvez você também esteja se sentindo encolhido, pequenininho entre as dores dos escombros, e o que sobrou de você é muito pouco…

Mas eu lhe garanto que o dia se abre em POSSIBILIDADES e que depende da sua decisão entre sentar e chorar ou pegar uma pá e reconstruir, remover os cacos e com os pedaços que se espalharam: construir.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Deus não dá migalhas



Por que demoramos para receber resposta de certas orações? Porque Deus nos ama, porque tem grandes planos para cada um de nós e porque Ele quer fazer coisas grandiosas através de nós, assim como Ele fez através de Jesus.


Devemos ter a coragem de dar glória a Deus quando Ele silencia e quando Ele demora. É nessas horas que deveríamos nos agarrar com mais firmeza na convicção de que quando Ele assim age é porque Ele nos ama e está preparando coisas maravilhosas para nós. Não importa que não consigamos entender o Seu amor. Um dia vamos entendê-Lo.


Não questione o tempo de Deus, não se perturbe com Seu silêncio, Ele tem o melhor para sua vida. Se você souber esperar com ações de graça e fé, terá em mãos o melhor Dele para você. Deus não dá migalhas, Deus não nos presenteia com subprodutos, Ele dá o melhor para quem tem paciência e sabedoria de aguardar Suas bênçãos.


Devocional Pérolas Diárias


A estrela



Estava Deus, a caminhar, calmamente, pelo universo... Contemplava sua criação, e, aproveitando o passeio, verificava  se tudo estava correndo bem. Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma de suas estrelas, num choro compulsivo...Com certa tristeza, aproximou-se e perguntou docemente: Por que choras, minha filha?

A pobre estrela, aos prantos, mal conseguia falar :
- Sabe, meu Pai... Estou triste... não consigo achar uma razão para a minha existência... O sol, com toda a sua magnitude, fornece calor, luz e energia às pessoas... As estrelas cadentes, incentivam paixões e sonhos... Os cometas, geram dúvidas e mistérios... E eu, aqui... parada...

Deus ouviu tudo atentamente... com doçura e paciência, decidiu explicar à estrela os porquês, porém, foi interrompido por uma voz, que vinha de longe... Era uma criança, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região... A criança dizia à sua mãe:
Veja mamãe! O dia já vai nascer!

A mãe ficou meio confusa... como podia, uma criança, que mal  sabia as horas, saber que o sol já nasceria, mesmo estando tão escuro? Como você sabe disso, meu filho? Veja aquela estrela! Papai me disse que ela anuncia o novo dia. Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair...

Ouvindo aquilo, a estrela pôs-se a chorar... Deus, calmamente lhe falou :Podes ver? Sabes agora, o motivo de tua existência?
Tudo o que criei, fiz por alguma razão de ser.
És a estrela que anuncia o novo dia.. .

E com o novo dia, renovam-se as esperanças, os sonhos... E serves para orientar os homens, para onde caminhar. Ao te ver, sabem que não estão perdidos, pois sabem qual o seu destino.

A estrela ouviu tudo atentamente... Sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida... A partir de então, ela brilhou cada vez mais, pois sabia que era importante e indispensável ao ciclo da vida. Todos nós temos uma razão para estarmos aqui...

Mesmo se não soubermos qual é exatamente esta razão, devemos viver a vida intensamente, semeando amor e espalhando alegrias... Só assim, a estrela que habita em nossos corações brilhará mais forte, iluminando a todos que estão à nossa volta.

Fazendo isso, estaremos iluminando nossas próprias vidas.
Felicidades!!! Que sua estrela brilhe sempre...

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Escolha a sua resposta

Tenha em mente que a resposta que você dá a qualquer situação que lhe surge é uma escolha sua. Afinal, é você quem está tomando a atitude. Aqueles que continuamente respondem com ira, inveja, frustração ou outra atitude mesquinha irão colher os resultados de suas respostas amargas. Quando no entanto você decide responder com compreensão, paciência, isenção, confiança e coragem, os resultados são muito mais doces e suaves.
A circunstância não determina a resposta. É você quem a determina. Em cada momento, em cada circunstância, você pode escolher a resposta que irá impulsionar a sua vida para a frente. Dessa maneira ninguém poderá empurrá-lo para baixo, a não ser que você permita.
Você sempre tem a oportunidade de responder da melhor e da mais positiva maneira possível. Todas as vezes em que você se decide a responder de uma forma positiva, criativa – não importa qual seja a situação –, você estará fazendo um bem enorme a si mesmo e uma significativa diferença no mundo a seu redor.
Nélio DaSilva

Cicatrizes



 “Assim o digam os que o Senhor resgatou. ”  Salmos 107:2


Adquirimos cicatrizes de uma destas formas: por alguma coisa que nos foi feita por outra pessoa ou por alguma coisa que foi feita por nosso intermédio decorrente de nossos erros e fracassos. Seja como for, creio que não precisamos esconder as cicatrizes nem nos envergonhar delas. As cicatrizes são um convite para compartilharmos o poder de cura de Jesus Cristo com este mundo ferido. Porque a cicatriz, pela própria definição, envolve a palavra cura.


Talvez você nunca tenha pensado nas feridas de sua vida como possíveis tesouros. Eu gostaria de que você cavasse um pouco mais fundo, jogasse a terra para o lado e descobrisse as joias sob a superfície. Da mesma forma que diamantes cintilantes, rubis resplandecentes e esmeraldas reluzentes, nossas cicatrizes são bonitas para Deus.


Ele quer cuidar de você e das feridas que ainda estão abertas, para que cicatrizem e se tornem apenas uma memória, sem causar mais dores e sofrimentos. Coloque nas mãos do Pai as dúvidas, os rancores, as mágoas, as injustiças, as traições; dispa-se disso tudo e jogue o seu fardo sobre o altar do Altíssimo, sinceramente, verdadeiramente, só então, as feridas ainda inflamadas sararão e serão, em breve, apenas cicatrizes que comprovam o amor do Senhor por você.

Sharon Jaynes, em “CICATRIZES”

Fonte: Salmo 37

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...