Falando de vida




Certo dia eu estava passando por uma praça, e comecei a observar tudo o que havia ao meu redor:
Velhinhos lendo jornais; pessoas que passavam apressadas; jovens que conversavam e riam alto, e crianças que brincavam distraídas. Havia também pássaros, pombas, cachorros, afinal tudo o que há em uma praça num final de sexta-feira.

No meio daquela sinfonia metropolitana comecei a pensar no ciclo que é a nossa vida. E naquela praça por coincidência ou não, no exato momento havia os quatro ciclos presentes: a infância, a juventude, a maturidade e a velhice. Parece triste dizer VELHICE, pois nos lembra algo velho e inútil, encostado e que não serve pra mais nada; mas não é verdade. Cada ciclo da nossa vida tem a sua graça e o seu valor. Deus nos presenteia com experiência e sabedoria a cada ciclo que se passa.

Quando somos crianças cada dia é um brinquedo, tudo é novo, tudo é descoberta. O futuro parece algo tão distante que nunca vai chegar. A frase “quando você crescer” parece algo tão impossível. A impressão que se tem é que seremos crianças eternamente, mas de repente a infância se passou. Faz parte de um passado que apesar de recente parece muito distante.

A juventude, a época dos acertos e dos erros, quer dizer, mais erros do que acertos, mas a vida é assim; feita de erros e acertos, e vantagem de ser jovem é exatamente esta, se tem todo o direito de errar, há todo o tempo do mundo para recomeçar e reparar os erros e aprender a acertar.
Responsabilidade passa a ser uma palavra freqüente e cobrada a todo o momento, e fica difícil ser responsável e ao mesmo tempo ceder aos desejos de experimentar a vida sem medo, e como num piscar de olhos o tempo passou....

Chega-se na fase adulta. Aos olhos de uma criança ser “gente grande” é um presente; se pode tudo sem pedir nada a ninguém, mas a realidade e a responsabilidade batem à porta e se descobre que ser criança é melhor, mas como já disse cada ciclo tem a sua graça; temos o controle de nossas vidas nas mãos, sabedoria para escolher a melhor direção a seguir, conquista-se em fim, a tão sonhada independência....
O começo do fim.... Será que a velhice é realmente o começo do fim ? Aos olhos de muita gente, sim!

Mas não é verdade, com a idade vem a experiência, a sabedoria. Uma pessoa idosa é uma verdadeiro tesouro de conhecimentos. Traz junto de si todos os tipos de experiências, pois já viveu o suficiente para experimentar de tudo na vida. E melhor, sabe como é ser criança, jovem e adulto, pois já passou por todos esses ciclos, então sabe falar de vida como ninguém, já uma criança um jovem ou um adulto nunca foram idosos, portanto não sabem dizer como é ser um.
Precisamos buscar sabedoria nessa fonte valiosa que Deus nos deixou.

O Tempo... podemos sim usá-los ao nosso favor, fazendo com que cada ciclo de nossa vida se torne uma jóia preciosa em nossa memória, momentos de enriquecimento pessoal.

Viver é transformar-se a cada segundo, pois tudo na vida é transformação, nenhum segundo é igual ao outro, cada momento é impar em sua existência, e por isso se torna valioso, como uma jóia rara, única.

E quando chegamos ao final da estrada da vida temos em mãos o livro mais bonito, mais trágico, mais triste que conhecemos, mas isso depende de como você escreveu as linhas da sua história da sua vida.


PATRÍCIA RODRIGUES

Comentários

Lucinalva disse…
Olá Alicinha
Lindo texto, realmente cada fase da vida tem sua preciosidade, e precisamos aproveitar cada momento com entusiasmo. Obg pelo comentário lá no blog, gostei muito. Fica com Deus.
Lindalva disse…
Olá amiga passando para te desejar um dia santo de feriado com muita luz e te oferecer os dois selos presentes da postagem de hoje e também te dizer que Já começou a semifinal da Copa Blog estou em plena campanha juntando feriado, trabalho e tudo mais, o cansaço fica de lado e venho pedir para fazer a sereia sorrir kkkkkkkkkkkk um votinho por dia até domingo, de grão em grão a sereia sorrirá.. a sereia sou eu kkkkk Um beijo enorme
Lúcia Soares disse…
olá alicinha gostei muito desta reflexão, pois gosto muito das pessoas de todas as idades, tenho amigos crianças, jovens e adultos tenho uma amiga que tem 96 anos. um grande abraço.