Ao meu filho



Nesta manhã vou sorrir ao ver seu rosto e rir, mesmo que tenha vontade de chorar.
Nesta manhã vou deixar você escolher o que vestir e dizer que está ótimo! Nesta manhã, vou deixar de lado a roupa para lavar, pegar você e levar ao parque para brincar. Vou deixar a louça na pia e permitir que você me ensine a montar seu quebra-cabeça.
Nesta tarde, não vou gritar com você nem uma vez, nem resmungar quando ouvir você chamando o carrinho de sorvetes; até vou comprar um bem gostoso. Nesta tarde, vou desligar telefone, computador, sentar-me com você no quintal e soltar bolhas de sabão. Nesta tarde não vou me preocupar com o que você será quando crescer. Vou deixar você me ajudar a fazer biscoitos, sem reclamar se não ficarem perfeitos. Nesta tarde vamos juntos ao cinema. Nesta noite, vou segurá-lo em meus braços e contar-lhe uma linda história; vou lhe contar como você nasceu e quanto eu amo você! Nesta noite não vou chamar sua atenção quando espirrar água no banho. Não vou me preocupar com o xampu desperdiçado, com o sabonete jogado e a demora em sair do banho. Vou deixar você ficar acordado até tarde. Ficaremos os dois sentados na soleira da porta contando todas as estrelas. Nesta noite vou deixar pra lá meus programas favoritos de TV e ficar aconchegada em você Nesta noite, enquanto você estiver rezando e eu passando meus dedos entre seus cabelos, irei simplesmente ser grato a Deus por me ter dado o maior presente do mundo. Quando eu lhe der o beijo de boa-noite, vou apertar você com mais força em meus braços e por mais tempo. E então vou agradecer a Deus por você e nada pedir a ele senão mais um dia!

Comentários