quinta-feira, 5 de maio de 2011

A resposta



Certa vez, quando Débora ainda era bebê, eu estava a tomar conta dela. Enquanto cuidava dela, assistia à televisão. Estava a ver as notícias e houve uma em especial que cativou a minha atenção. A notícia falava de uma jovem noviça, muito dedicada, que ficou decepcionada com Deus. O motivo para tal, é que Deus não havia atendido ao pedido que ela fizera em prol da madre superiora. Ela havia pedido a cura da madre superiora, mas isto não aconteceu. Em conseqüência deste fato, a jovem decidiu abandonar o convento e voltar para sua vida normal. Contudo, houve uma frase que me chamou a atenção: "Se Deus não me respondeu, eu nunca mais clamo ao Senhor!" Por este motivo ela abandonou o convento.

Será que Deus não respondeu? O Senhor sempre terá que fazer aquilo que pedimos e queremos? O argumento é que Deus ficou calado e não lhe respondeu. Quantas vezes não pensamos assim também? Deus sempre responde. É fundamental para nós entendermos que Deus muitas vezes responde não. Receber um não do Senhor não significa que Ele ficou calado e muito menos que Ele não nos respondeu.

Ao pensar na cena, fiquei a refletir nas pessoas que abandonaram a fé porque receberam um não como resposta da parte do Senhor. Vi a dura realidade, que muitos não conhecem o Deus a quem servem, pois o chamam de Senhor, mas pretendem que Ele não passe de um serviçal que cumprirá todas as ordens que lhe são dadas. Deus passa a ser um empregado obediente que faz tudo o que desejamos. 


Deus é Senhor. Ele é soberano. É por isto que pedimos que sua vontade se realize. A questão é a seguinte: Como orar pedindo que a vontade do Senhor seja feita e depois recusá-la porque não veio ao encontro dos nossos desejos? Necessitamos aprender de uma vez por todas que Deus é Senhor e não servo.

A Bíblia mostra muitas pessoas que ficaram decepcionadas com Deus, mas não abandonaram a fé. Eu e a maioria das pessoas temos suas crises, porém quando sabemos em quem temos crido, não voltamos às costas ao Senhor que está nos concedendo a chance da salvação. Vendo aquela cena, conclui que não basta ser religioso. Não é só dizer que amamos a Deus. Precisamos saber quem é Deus, para que entendamos as suas respostas e o seu projeto para nossas vidas. É mister que compreendamos que o Senhor é "Deus perdoador; clemente e misericordioso, tardio em irar-se e grande em bondade" (Ne 9.17). Deus tem sempre o melhor para nós. O importante é que conheçamos o Senhor e dediquemos nossas vidas completamente a Ele.

O Senhor sempre nos responde. Eu continuo a pedir-lhe ajuda. Peço muitas coisas a Deus. Ele sempre responde. Já recebi muitos sins, mas também muitos “nãos”. Contudo, aprendi que independente da resposta posso dizer como o profeta: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corsa, e me faz andar altaneiramente. (Hc 3.17-19). Independente da resposta exultarei no Deus da minha salvação e você?”.

Deus é o Senhor. Levantarei minha voz em oração a Ele, suplicarei para que na sua graça e misericórdia me conceda discernimento para que eu possa entender suas respostas. O Senhor responde-nos sempre com o melhor.

De alguém que tem aprendido a aceitar os "sins" os "nãos" e os "espera".

Pr. Marcos Amazonas dos Santos

Um comentário:

Carolina Tavares disse...

É verdade! Com sim ou com não Ele contunua sendo Senhor e o melhor me amando incondicionalmente.
Alegria do Senhor é nossa força!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...