domingo, 29 de maio de 2011

O broche




Ao chegar em casa, depois de haver assistido a uma ópera, certa senhora abastada notou que sua jóia de alto valor não se encontrava mais presa ao vestido. Ficou apreensiva porque a recebera do esposo há poucas semanas.

Era preciso recuperá-la. Julgando-a perdida no carro, desceu as escadas e foi à garagem. Abriu o carro, examinando-o cuidadosamente em cada cantinho, mas nada!

O que fazer? Já se fazia tarde e, então, o mais sensato seria deixar para o dia seguinte as novas buscas e providências. Antes de dormir, ainda deu mais uma boa olhadela no quarto de vestir para ver se a encontraria ali. Tudo em vão. Aquela foi uma noite de insônia...

Nas primeiras horas da manhã seguinte, aquela senhora fez uma ligação para o teatro onde estivera na véspera e foi gentilmente atendida pelo gerente a quem contou, com detalhes, a respeito do ocorrido.

Disse-lhe que estava certa de haver perdido, durante o espetáculo da noite anterior, a sua jóia de valor incalculável - um broche de ouro cravejado de brilhantes.
Sobretudo, era um presente do marido!

O gerente, demonstrando todo o interesse em colaborar na busca, pediu-lhe que permanecesse na linha, enquanto faria as verificações de praxe. Saiu então à procura do administrador, demorando um pouco para encontrá-lo a quem contou a historia indagando em seguida a respeito do possível aparecimento da jóia em meio aos papeis retirados do chão do teatro.

O administrador informou que a jóia havia sido encontrada e guardada em lugar seguro. Voltando ao telefone para transmitir a feliz notícia, o gerente constatou que a senhora já havia desligado. Não teve paciência de esperar. Como não havia revelado seu nome, endereço ou numero do seu telefone, foi impossível encontrá-la para lhe entregar a jóia que tanto desejou recuperar.

Quantas pessoas buscam a Deus pedindo alguma coisa de muita importância, mas que não ficam na linha aguardando a resposta. Desanimam depressa demais e vão às buscas de outra solução, esquecidas do fato de que Deus algumas vezes demora numa resposta porque o tempo de Deus não é o nosso, porque não é oportuno ou porque a nossa vontade não está em perfeita sintonia com a Dele.

Para se conseguir vitórias é imprescindível que se saiba esperar. A falta de paciência na espera pode levar alguém a precipitações, cujas conseqüências conduzem a sofrimentos ou prejuízos que poderão acompanhá-la pelo resto da vida.

Reflita: Salmo 40

3 comentários:

Lindalva disse...

Olá nova amiga, senti teu perfume em minha Ilha e segui teus passos... e aqui me encontro neste cantinho de paz e reflexão, parabéns pelo blog... e já estou te seguindo e como vi que tb está me seguindo te ofereço o selo seguidor que se encontra na sala encantada e o selo 100 seguidores exposto na postagem de hj... tem tb uma festinha e conto com tua presença e prometo voltar aqui para ler todas as tuas reflexões. beijos de luz no coração... ah! se puder votar hj em mim na Copa Blog agradeço...

Lindalva disse...

Bom dia vizinha das ondas, peço desculpe quanto ao selo seguidor, realmente esta linkado ao meu bannerzinho, é o cansaço, coisas da idade kkkkk, mas já arrumei o código. Beijos no coração e tenhas um lindo dia!

Carolina Tavares disse...

Linda demais!!
Digo e repito, suas mensagens sempre me edificam!
Hoje o dia não estava bom, mas Deus é fiel e mandou seu blog e suas mensagens para me alegar e me encher de esperança!
Bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...