O veneno do amor



Gabi conhecera Huang na faculdade, e como sempre tivera uma "certa queda" por orientais, aproximou-se então do rapaz, jogou o seu charme e em pouco tempo tornou-se sua namorada... Com a mesma rapidez com que começaram a namorar, também se casaram, e, em consequencia disso, foram morar na casa de sua sogra (até que o casal pudesse ter o seu próprio "cantinho"). Acontece que ela não teve um bom relacionamento com a sogra, pois as personalidades delas eram muito diferentes, e a senhora começou a criticá-la demais, e a interferir em tudo o que ela fazia...

De acordo com uma antiga tradição chinesa: "A nora sempre tem que se curvar à sogra e obedecê-la em tudo..." e Dona Teng Ke exigia de Gabi que ela cumprisse o que determinava a tal cartilha, porém, não sendo chinesa, Gabi se recusava terminantemente a obedecê-la, e tem mais, "batia de frente" com ela, faltando pouco "saírem no tapa"...

A situação se tornava cada vez mais insustentável, e ela, Gabi, decidiu então tomar uma atitude: Procurou um velho conhecido de seu pai, que é raizeiro de profissão, e contou-lhe tudo o que estava lhe acontecendo. O velho Bené ouviu-a atentamente, e depois disso, pegou um pacote de ervas, entregou-a e receitou o seguinte:

- Você deverá usar isso aos poucos, que é pra não levantar suspeitas, e a cada dois dias, colocará um pouco delas no meio da comida de sua sogra. Ela lentamente será envenenada e então você se verá livre dela. Contudo, é preciso ter muita cautela, você terá que mudar o seu jeito de tratá-la: finja que se arrependeu e torne-se "amiga" dela - não discuta mais com ela e acate tudo o que ela te sugerir ou te pedir, pois só assim, evitarás que te incriminam...

Agradecida pela solução, Gabi se despediu do velho senhor e foi para casa colocar em prática o seu projeto de assassinar a sogra.

Semanas se passaram e ela cumpria à risca tudo o que lhe fora determinado, inclusive no tocante ao seu temperamento, controlando-se e obedecendo a senhora chinesa como se fora ela sua própria mãe, e continuou adicionando as ervas na comida dela, de dois em dois dias...

Depois de seis meses, a situação era completamente diferente, a casa inteira estava em harmonia - Gabi já não se irritava mais e nem Teng Ke se aborrecia - e o tratamento entre elas tornou-se especial, era realmente o de mãe e filha...

Gabi, profundamente arrependida, procurou em desespero o Sr. Bené, suplicou que ele a ajudasse a evitar que Dona Teng morresse, queria um antídoto para desintoxicá-la daquele veneno que ela colocara em sua comida durante todo aquele tempo... Afinal, descobrira que ela era uma mulher agradável, amiga, muito sábia e que tornara sua melhor confidente... por isso passou a amá-la demais, muito mais até do que a si própria...

O Velho amigo Bené, não se contendo em si, abriu um sorriso largo, e então lhe disse:

- Querida, as ervas que eu te dei não eram venenosas... Na verdade, eram um composto de vitaminas, e serviram apenas para melhorar a saúde dela... O veneno estava em sua mente e em suas atitudes, mas Graças a Deus que tudo foi jogado fora e então substituído pelo amor que você agora passou a oferecer a ela...


"Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição." (Colossenses 3:14)

Comentários