domingo, 6 de março de 2011

Gritos




Um famoso senhor, com poder de decisão, gritou com seu diretor porque estava com ódio naquele momento.

Seu diretor, chegando em casa, gritou com sua esposa porque estava gastando demais.

A esposa, por sua vez, gritou com a empregada que quebrou um prato.

A empregada chutou o cachorrinho no qual ela tropeçara.

O cachorrinho saiu correndo e mordeu uma senhora que ia passando pela rua porque estava atrapalhando sua saída pelo portão.

Essa senhora foi à farmácia para tomar vacina e fazer um curativo, e gritou com o farmacêutico porque a vacina doeu ao aplicar.

O farmacêutico, chegando em casa, gritou com sua mãe porque o jantar não estava ao seu agrado.

Sua mãe, idosa, passando a mão em seus cabelos e beijando-lhe na testa, disse:

"Você trabalhou muito, e a esta hora já esta cansado; amanhã você vai se sentir melhor". Beijou-o e foi deitar.

Naquele momento o círculo do ódio se rompeu, porque encontrou a tolerância, o perdão, a paz e o amor. Se você está ou entra em um círculo do ódio, lembre-se de que com a tolerância, o perdão, a paz e o amor, podem quebrá-lo!

Pense nisso sempre que estiver triste, descontente com alguém ou muito zangado.

O mundo pode ser melhor... Façamos nossa parte!
"A palavra branda afasta o furor.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...