Um lápis na mão de Deus




"Somos apenas um lápis nas mãos de Deus, é Ele quem nos escreve."
"Por que um lápis e não uma caneta?"

O lápis por si é mais simples do que a caneta, e uma característica dele é que quando a sua ponta quebra ou está acabando, podemos apontá-la novamente, e ao errarmos
ao escrever, damos um jeito de apagar. Ao passo que a caneta, ao acabar a tinta, por mais bela que seja, geralmente, é jogada fora e também não conseguimos apagar a sua escrita.

Deus vai nos "apontando" na escrita da vida. Quanto mais somos "apontados", tanto melhor fica a escrita. Não é fácil passarmos por este processo, mas a nobreza do lápis está em se deixar gastar para servir da melhor maneira possível.

O Senhor até poderia escrever a nossa história à caneta, só que, muitas vezes, nós a pegamos para escrever e "escrevemos errado", ou seja, quando não fazemos as escolhas certas, e isso traz sérias conseqüências para a nossa vida.

Comentários

Carolina Tavares disse…
Verdade, como erramos, melhor ser um lápis mesmo, e que Senhor escreva a nossa história!
Bjs e fique na Paz
Claudine Netto disse…
Erramos, mas devemos aprender com eles
e não mais cometê-los, com isso
crescemos interiomente e espiritualmente. É um processo de
aprendizado difícil para uns e amenos
para outros. Essa é a vida maravilhosa que Deus nos deu e devemos
agradecer a Ele por isso.
Bendito lápis, cheio de luz das Mãos de Deus.
Amei sua postagem, realmente somos apenas um lápis nas Mãos de Deus, Ele é que nos dá força para continuar em frente e não desistir nunca.
Maria Jose disse…
LI e reli, a postagem UM LAPIS NAS MAOS DE DEUS,muto lindo,realmente somos um lápis nas mãos de Deus,como ele pensou em tudo.Porque so madeira e barro pode ser trabalhada,como erramos tanto so assim ele poderia ir nos moldando,me lembrei da musica evangélica,como o vaso nas mãos do oleiro.
Alicinha disse…
Que bom que gostou Maria José! Obrigada pela visita! Volte sempre!