segunda-feira, 4 de abril de 2011

Confissões de um anjo





“O anjo do Senhor acampa-se ao redor daqueles que o temem e os livra.” Salmo 34:7

"Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum porque tu estás comigo; A tua vara e o teu cajado me consolam." Salmos 23:4

Recebi a incumbência de te guardar em teus caminhos e não te deixar sozinho, ainda que para isso tenha que acampar ao seu lado.

Tenho tentado realizar essa tarefa com perfeição, mas confesso que isso é muito difícil quando você se mete em situações que não tinha necessidade e acaba buscando problemas que não eram para você resolver.

Sinto-me exausto defendendo você dos seus inimigos invejosos, ímpios e opositores à obra, mas quem tem me dado mais trabalho para te defender é de você mesmo, que com essa mania milenar de querer fazer as coisas sem ouvir a voz de Deus acaba esquecendo das coisas que o Senhor te ensina e em vez de trilhar o Seu caminho, fica se enfiando em atalhos que tenho grandes dificuldades em te seguir.

Você é muito complicado! Consegue se dizer liberto, mas vive acorrentado a si mesmo, seus medos e angústias, incapaz de colocar em prática a liberdade que o Senhor te deu para escolher viver uma vida de conquistas.

Queria poder estender minhas asas sobre você, mas sua inquietude e ansiedade não permitem que te aquietes e descanses. Sua preocupação me incomoda diante do zelo e do carinho que sei que o Pai tem por ti. Ele deu Sua vida por ti, conquistou a vitória na morte e abriu o caminho para o céu.

Não esqueça que o Pai te deu um novo coração, uma nova razão de viver, um plano perfeito, um alvo a ser atingido, um sonho a ser realizado.

Ele te deu Jesus, me nomeou para não tirar os olhos de você.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...